21 de junho de 2024 Atualizado 23:40

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Passando o chapéu

Recursos do Novo PAC têm o potencial de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e impulsionar a economia local

Por Redação

20 de novembro de 2023, às 08h29 • Última atualização em 20 de novembro de 2023, às 08h30

As prefeituras da RPT (Região do Polo Têxtil) estão em busca de recursos do Novo PAC, anunciado pelo governo federal em agosto com o objetivo de investir R$ 371 bilhões em quatro anos.

Reportagem deste domingo traz um apanhado do que cada um dos municípios gostaria de ver financiado por ministérios. Os pedidos são em setores diversos, da saúde ao esporte, além de abastecimento de água, habitação, educação e transporte.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Em Americana, a própria prefeitura divulgou as demandas na última semana. Dentre as que se demonstram mais importantes estão a construção de um reservatório pulmão para garantir o abastecimento na região do Cordenonsi e a reforma do Museu do Salto Grande, patrimônio da história da cidade, que vive uma grave deterioração.

A busca pelos recursos é uma oportunidade valiosa para promover transformações nos municípios locais. O Novo PAC visa impulsionar investimentos em áreas estratégicas como saneamento, mobilidade urbana, habitação e infraestrutura, áreas que, muitas vezes, ficam estagnadas por conta da incapacidade financeira de dar conta dos investimentos necessários.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Os recursos disponibilizados pelo Novo PAC têm o potencial não apenas de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, mas também de impulsionar a economia local, gerando empregos e estimulando o crescimento de setores importantes, como a construção civil.

Para isso, é preciso que haja competência na confecção dos projetos e na gestão de eventuais obras por parte dos governos. É fundamental que haja transparência e eficiência – algo que, anos atrás, foi o calcanhar de Aquiles de investimentos do programa na região.

A expectativa é de que os municípios da região consigam a aprovação para receber os recursos. Cumprindo essa etapa, espera-se que as obras saiam do papel e se tornem realidade para a população, quem deve ser o principal foco de todo esse trabalho.

O Liberal

Neste blog, você encontra a opinião do Grupo Liberal por meio dos textos editoriais. Há mais de 70 anos, no coração e no espírito, compromisso com a verdade.