16 de janeiro de 2021 Atualizado 08:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Suas Telas

Destaques das séries e conteúdo ‘on demand’ (29/11 a 5/12)

“Os Últimos Dias de Gilda” é a nova série Original do Canal Brasil

Por Geraldo Bessa / TV Press

29 nov 2020 às 08:00 • Última atualização 27 nov 2020 às 11:47

Os Últimos Dias de Gilda – Foto: Divulgação

Os Últimos Dias de Gilda: Gente livre

Criada e dirigida por Gustavo Pizzi e protagonizada por Karine Teles e Julia Stockler, “Os Últimos Dias de Gilda” é a nova série Original do Canal Brasil. Disponível nos serviços de streaming dos Canais Globo e Globoplay, a produção foi inicialmente concebida por Rodrigo de Roure como um monólogo para o teatro e agora ganha uma adaptação televisiva pelas mãos dos responsáveis pelo premiado longa “Benzinho”, de 2018. Na trama, Karine vive Gilda, uma mulher livre, e cada episódio mostra como seu comportamento incomoda muita gente ao seu redor. Dona de excelentes dotes culinários, Gilda cria porcos e galinhas no quintal de sua casa para o abate e produz receitas capazes de encantar a todos. Independente, ela recusa-se a aceitar a opressão e o machismo e escolheu se relacionar de forma livre com diversas pessoas, sem amarras ou rótulos para essas relações. Como se já não tivesse seus próprios problemas, a protagonista ainda precisa lidar com o aumento da violência urbana, a briga entre traficantes, policiais e milicianos em busca do controle da comunidade em que mora. Canal Brasil Play | dom | 29

Como Sair de Buffalo – Foto: Divulgação

Como Sair de Buffalo: Hora de pagar

Longa original TNT, a comédia “Como Sair de Buffalo” conta a história de Peg Dahl (Zoey Deutch), uma jovem que sonha em ir para a universidade, ganhar dinheiro e deixar sua vida para trás em uma das áreas mais pobres de sua cidade. Inteligente e contundente, quando finalmente chega a aceitação da universidade que deseja cursar, ele percebe que não poderá arcar com os custos dos estudos. É quando ela decide começar a procurar formas de financiamento que a levem à prisão e encontre um cobrador de dívidas que mudará sua vida para sempre. Dirigido por Tanya Wexler, o filme é uma comédia cheia de camadas que aborda temas como realização pessoal e empoderamento feminino, e ainda traz no elenco Judy Geer e Brian Sacca. TNT Go | seg | 30

No Man’s Land – Foto: Divulgação

No Man’s Land: Conflito sem fim

Novidade do Starzplay, o drama “No Man’s Land” é  uma série em oito episódios que conta a história da Guerra Civil na Síria sob uma nova perspectiva. Escrita por Amit Cohen e Ron Leshem, a produção acompanha o jovem francês Antoine (Félix Moati) em busca de sua distante e presumidamente morta irmã, Anna (Mélanie Thierry). Enquanto desvenda o mistério, peça por peça, ele acaba unindo forças com uma unidade de lutadoras curdas, mulheres fortes e o maior pesadelo do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS), e com o grupo desorganizado de idealistas internacionais que viajou para ajudá-las a lutar. Com aventureiros, anarquistas, espiões e vítimas inocentes, “No Man’s Land” pinta um retrato afiado dos homens e mulheres presos neste conflito global e fornece um olhar único sobre os trágicos eventos na Síria e a forma como eles afetam o mundo inteiro. Além de Félix Moati e Mélanie Thierry, o elenco conta ainda com James Purefoy, Souheila Yacoub, Jo Ben Ayed, James Krishna Floyd, Dean Ridge, Julia Faure, François Caron e Céline Samie. Starzplay | ter | 1

Agente Duplo – Foto: Divulgação

Agente Duplo: Distração em disfarce

Aclamado no Festival Sundance de Cinema em 2020, “Agente Duplo” estreia com exclusividade no Globoplay. A obra, uma combinação de documentário e filme de espionagem, acompanha Sergio, um senhor de 83 anos que se torna espião em um asilo quando a filha de uma das residentes do local desconfia de que a mãe esteja sofrendo maus tratos.  A história começa com uma solicitação incomum: o detetive Rómulo coloca um anúncio no jornal de que está procurando um homem entre 80 e 90 anos para uma missão de três meses.  No seu escritório, ele entrevista uma série de senhores intrigados com a perspectiva de uma oportunidade de trabalho na sua idade. O escolhido é Sérgio, que começa a trabalhar imediatamente.  Sujeito cuja expressão atordoada torna difícil dizer se ele entendeu totalmente o desafio em mãos, Sergio parece o tipo certo de figura desavisada para carregar a agenda secreta de Rómulo. Como o detetive explica, sua cliente é filha de uma mulher do asilo de São Francisco que acha que sua mãe foi vítima de abuso. Sergio deve se infiltrar na casa, se aproximar da mulher e relatar suas descobertas a cada passo do caminho. Enquanto uma equipe de filmagem aparentemente sob o pretexto de fazer um documentário tradicional sobre a casa de repouso captura imagens, Rómulo veste seu agente com uma série de câmeras escondidas. Mas Sergio não é nenhum 007 e um dos maiores desafios é algo básico para alguns: o uso de um smartphone. Globoplay | qui | 3

Crazy, Not Insane – Foto: Divulgação

Crazy, Not Insane: Dentro da mente

A psiquiatra Dorothy Otnow Lewis dedicou sua carreira ao estudo de assassinos, em busca de respostas para a pergunta sobre por que matamos. Com direção e produção do ganhador do Oscar Alex Gibney, o documentário “Crazy, Not Insane” explora, como se fosse uma história de detetive, as iniciativas da Dra. Lewis ao longo da vida para ver os homicídios além dos detalhes terríveis, observando o coração e a mente dos assassinos. Exibido na seleção oficial do Festival Internacional de Veneza de 2020, a produção apresenta a Dra. Lewis e sua pesquisa, que inclui entrevistas gravadas no corredor da morte e a avaliação das experiências formativas e disfunções neurológicas de assassinos famosos como Arthur Shawcross e Ted Bundy, desafiando a noção do mal e a ideia de que os assassinos não deveriam ter nascido. A psiquiatra começou sua carreira trabalhando com crianças, inclusive jovens infratores violentos. Esse contato com depoimentos de abuso físico e sexual na infância a levou a investigar como os traumas infantis – em geral associados a alguns danos neurológicos – podem plantar as sementes de impulsos assassinos em adultos. HBO Go | sex | 4

Condor – Foto: Divulgação

Three Days of the Condor: Passado presente

Com enredo inspirado no “thriller” político “Three Days of the Condor”, dirigido por Sidney Pollack em 1975, a série “Condor” conta a história do agente da CIA Joe Turner (Max Irons). O protagonista faz uma descoberta que leva todos os seus colegas de trabalho à morte e, como único sobrevivente, se vê forçado a fugir. Sob pressão de vida ou morte, Turner vai redefinir quem ele é e o que é capaz de fazer para descobrir quem está por trás dessa conspiração. Seu objetivo é evitar que a descoberta mortal que fez ameace a vida de milhões de pessoas. Com 10 episódios, a segunda temporada começa com Joe viajando pela Europa, quando é abordado por um agente russo. Ele afirma poder identificar um informante dentro da CIA em troca de proteção. Joe começa a perceber, então, que escapar de sua antiga vida pode ser impossível. Além de Irons, o elenco de “Condor” conta com o ganhador do Oscar William Hunt como Bob Partridge, e também Kristen Hager, Bob Balaban. Sam McCarthy, Leem Lubany e Angel Bonanni, entre outros. Fox Premium | sab | 5

Carta Z Notícias

Blog que traz os principais destaques da televisão brasileira! Confira dicas de programação e outros conteúdos sobre as celebridades.