26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Carreira & RH

Desafios e oportunidades dos profissionais acima dos 50

Por Marcos Tonin

03 de março de 2024, às 10h38

O mercado de trabalho, mesmo com suas constantes atualizações e evolução, continua nos apresentando o conhecido desafio de contratação enfrentado pelos profissionais com mais de 50 anos. Este grupo, que possui uma vasta experiência e conhecimento profissional, encontra muitas vezes barreiras significativas ao tentar se reinserir ou permanecer ativo no mercado.

Se por um lado o mercado de trabalho está em expansão, criando oportunidades em diversos setores, por outro os profissionais com mais de 50 anos enfrentam estigmas e preconceitos que dificultam sua empregabilidade.

A percepção de que esses profissionais são menos produtivos, têm resistência à mudança ou não se adaptam às novas tecnologias muitas vezes os coloca em desvantagem em relação aos candidatos mais jovens.

Um dos principais desafios enfrentados por esses profissionais é a necessidade de se reciclarem e buscarem constantemente cursos de aperfeiçoamento. Embora a aprendizagem ao longo da vida seja essencial em qualquer fase da carreira, muitos profissionais do grupo 50+ relutam em investir tempo e recursos em sua educação continuada.

Essa resistência pode ser atribuída a uma combinação de fatores, incluindo a falta de familiaridade com novas tecnologias, a preocupação com o retorno sobre o investimento em treinamento e a insegurança em relação à capacidade de competir com profissionais mais jovens no mercado de trabalho.

É fundamental destacar que os profissionais com mais de 50 anos têm muito a oferecer no ambiente corporativo. Sua experiência, habilidades desenvolvidas ao longo dos anos e maturidade profissional são ativos valiosos para as empresas, diferenciais estes que foram valorizados justamente durante e pós-pandemia da Covid-19.

Além disso, estudos têm demonstrado que esses profissionais frequentemente apresentam maior comprometimento, lealdade e estabilidade no emprego.

Diante desse cenário, é essencial que empregadores e profissionais adotem uma abordagem proativa para enfrentar esses desafios e aproveitar as oportunidades disponíveis.

Na minha visão, as empresas podem implementar políticas de diversidade e inclusão que valorizem a contribuição de profissionais de todas as idades. Além disso, programas de treinamento e desenvolvimento específicos para profissionais mais experientes podem ajudar a atualizar suas habilidades e conhecimentos, permitindo-lhes competir de forma mais eficaz no mercado de trabalho atual.

Mas é essencial que os profissionais 50+ estejam dispostos a se adaptar às mudanças e investir em seu próprio desenvolvimento profissional. Isso pode envolver a busca ativa por oportunidades de aprendizado, a atualização de habilidades tecnológicas e a abertura para novas experiências e desafios. Ao demonstrar flexibilidade e disposição para crescer e se adaptar a este mundo digital, os profissionais maduros podem se destacar no mercado de trabalho e garantir sua relevância em um ambiente cada vez mais competitivo. 

Marcos Tonin
Executivo de RH e Coach C-Level
tonin.marcos@gmail.com

Marcos Tonin

Marcos Tonin, especialista na área de gestão e liderança, fala sobre mercado de trabalho em textos quinzenais