28 de novembro de 2020 Atualizado 17:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Painel Político

Conselho de Ética avaliará denúncia contra Brianes

Vereador de Sumaré pode ser investigado por quebra de decoro parlamentar por vídeo com críticas à Luiz Dalben

Por André Rossi

21 out 2020 às 11:02 • Última atualização 21 out 2020 às 11:05

O Conselho de Ética da Câmara de Sumaré vai analisar denúncia contra o vereador Marcio Brianes (PDT) por quebra de decoro parlamentar. O motivo é um vídeo publicado por ele nesta segunda no qual declara apoio ao prefeiturável Décio Marmirolli (PDT) e critica o prefeito e candidato a reeleição Luiz Dalben (Cidadania) por não ter comparecido num debate online no mesmo dia.

“O cagão, arregão do prefeito não foi. Diz que está com dor de barriga. Mentira. Correu, fujão. Ficou três anos fora da cidade e agora quer dizer que estava com dor de barriga?”.

A denúncia foi apresentada por partidos da coligação de Dalben (PT, PSD, PL, Democratas, PSB, PSL, PSDB e Solidariedade) e lida na sessão desta terça. O material será analisado pelos três membros do conselho, que podem abrir ou não a comissão.

Depois de notificado, Brianes tem 10 dias para defesa. A Mesa Diretora vai solicitar à Procuradoria da Casa parecer jurídico sobre o afastamento ou não de Décio, que é do conselho.

Questionado pelo LIBERAL, Brianes se disse surpreso. “Estou tranquilo, acredito na liberdade de expressão e estado democrático de direito, e estarei respondendo com total respaldo da legislação na comissão da câmara”.

A assessoria de Luiz Dalben diz que ele passou mal e precisou de atendimento na UPA Macarenko. O prefeito relatou, em vídeo publicado no Facebook, que está com pedra no rim. Ele voltou a fazer uma avaliação clínica ontem, na UPA Macarenko.

Redação

Seção abastecida pelos jornalistas do LIBERAL com informações e bastidores da política de Americana, Santa Bárbara e região.