18 de abril de 2021 Atualizado 22:26

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Virando a Chave

Como ganhar brigas no casamento?

Sempre digo que existem três lados: o lado do casal e a verdade, por isso o sábio nunca julga sem antes conhecer

Por Ivan Maia

22 mar 2021 às 11:46

Existem muitas brigas no seu casamento? Você já notou quantos casais brigam todos os dias? Se você já passou ou está passando por isso, leia este texto e descubra como vencer as brigas no casamento. O título do texto pode parecer pretensioso – dizer o que você deve ou não fazer para evitar brigas no casamento, mas longe disso, só quem vive um relacionamento a dois sabe o que se passa. Sempre digo que existem três lados: o lado do casal e a verdade, por isso o sábio nunca julga sem antes conhecer.

Tenho o coração grato e feliz que nessa minha caminhada de lidar com pessoas há mais de 23 anos, ajudei centenas de casais e sempre recebo depoimentos que deram certo a respeito das ferramentas que citarei abaixo.

Ser feliz ou ter razão?

Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair, ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire na próxima rua, à esquerda.

Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.

Mas ele ainda quer saber: Se tinha tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devia ter insistido um pouco mais… E ela diz: Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

Diante disso, eu lhe pergunto: você quer ser feliz ou ter razão? Os tolos têm um ego muito grande e possuem uma necessidade de provar que estão certos. Posso dizer para você que há muitos anos eu tomei uma decisão de não querer provar nada para ninguém! Se você quiser transformar a sua vida, pare de tentar provar que está certo, pois isso não leva a lugar algum.

Coerência e confluência

No meu curso “A fina arte de lidar com pessoas”, eu ensino essa e outras ferramentas que ajudam as pessoas a lidar com qualquer conflito. Aqui, só vou descrever superficialmente como funciona. Imagina a seguinte situação em que você e seu cônjuge estão numa conversa descontraída e de repente surge um assunto desagradável. Aqui entra a coerência! Nesse momento, é melhor mudar de assunto ou dizer para deixar para outra hora.

Salomão dizia que a coerência é como se fosse uma lenha, quando você a retira o fogo se apaga. Ou seja, quando um não quer, dois não brigam! Numa discussão as palavras lançadas criam feridas difíceis de cicatrizar, então analise se suas palavras criam pontes ou abismos.

Confluência

A confluência, segundo o dicionário da língua portuguesa, significa qualidade do que é confluente, direção para o mesmo ponto, convergência. Ela é usada no momento que o conflito já está acontecendo.

Um exemplo que pode ser citado é a confluência plena. Imagine que sua esposa pede para que, no caminho do trabalho, você compre algo, mas você esquece. Ao chegar em casa ela nota que você não trouxe o que pediu, nesse instante o conflito está instaurado.

Como agir nesses casos? A confluência plena entra nesse ponto para ajudar. O esposo pode dizer que ela estava coberta de razão e que poderá corrigir isso. Engolir o ego e não ter razão é melhor que ficar tentando provar algo.

Confluência de ideias

É quando você diz a pessoa que compreende perfeitamente a forma como ela pensa. Quando você diz: “Eu compreendo você, sei que está falando e se estivesse no seu lugar pensaria da mesma forma”. Isso tudo demonstra que você tem interesse pelo que a pessoa sente, porque fica favorável com a forma que ela pensa.

Confluência de razões

Quando chega nesse estágio a pessoa já perdeu a razão e se torna agressiva verbalmente. Diga a ela que, para ela se comportar daquela forma deve existir alguma razão muito forte e que gostaria saber quais os motivos. A confluência de razões leva este nome pelo fato de você compreender as razões que a levaram a esse comportamento.

Qual conclusão você chegou? Entre ser feliz e provar que tem razão, o que você considera favorável para sua relação? A única maneira de você vencer uma briga é saindo dela! Em todos os casos de confluências o objetivo é que o casal possa obter uma relação saudável de diálogo e compreensão para que encontrem soluções e alcancem resultados positivos.

Ivan Maia

Ivan Maia é treinador emocional, estrategista empresarial, NLP Practiotiiner, palestrante, conferencista e escritor de livros. Ele tem mais de 3 milhões de alunos treinados em mais de 25 países.