16 de abril de 2024 Atualizado 07:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Naty Camoleze

Clássicos dos anos 2000!

Seriados que fizeram sucesso estão espalhados espalhados pelas plataformas de streaming

Por Naty Camoleze

01 de fevereiro de 2024, às 16h57 • Última atualização em 01 de fevereiro de 2024, às 16h58

Ah o início dos anos 2000, com ele veio ainda a era forte da internet, dados apontam que nessa época 248 milhões de pessoas tinham acesso à internet, o que equivale a 4% da população mundial, pouco né?

Lembro bem do meu primeiro computador, aquele tubão gigante, branco, eu tinha uns 14 anos e a internet então? Com modens barulhentos, demorados e que tinha um limite para usar, porque senão a conta vinha absurda de cara. Eu nem tinha televisão a cabo, ficava presa em alugar filmes na locadora (sim, frequentava muito esse lugar) ou no aguardo da boa vontade do SBT em colocar as séries no ar. Normalmente era no domingo de manhã que eles começavam com uma programação de seriado das 9h até meio dia, me divertia, só que em algum momento eles mudavam os horários, passava para madrugada e eu acabava ficando sem saber o resultado da série.

Minha alegria foi quando saiam os box de seriados que amava e assim passava horas com o aparelho de DVD ligado assistindo cada detalhe. Imagina o trabalho: colocar um dvd, assistir, pausar, voltar, trocar para começar outros episódios, ufa.

Outro ponto que é sucesso até hoje foi o YouTube, que teve seu auge nessa década, quando não só videoclipes, mas também vlogs e vídeos engraçados eram bem mais assistidos por meio dele. Hoje realmente a tecnologia dos streamings nos salva, é só buscar e dar o play, mas tudo isso para dizer que tinha muita série boa no início dos anos 2000.

A onda nostálgica dos anos 1990 e 2000 já começou a bater com força e tem tempos, se você rolar bem a busca do seu Instagram provavelmente será impactado por alguma cena de um seriado dessa época. Sabia que esse período ficou conhecido como Era de Ouro dos seriados, com alguns dos clássicos modernos que ainda são muito adorados e maratonados, eu sou uma delas que se deixar vejo tudo de novo!

E vamos para algumas indicações:

Gilmore Girls (2000) – Netflix

Gilmore Girls estreou em 5 de outubro de 2000 pela The WB e tornou-se uma série emblemática para a rede – Foto: Divulgação

Essa eu devo ter visto umas sete vezes, juro, tenho o box dos dvds até hoje, sempre recomendo e sempre quero ver de novo e de novo, amo Lorelai, mesmo ela sendo caótica e a Rory, mesmo dando umas cabeçadas na vida, acho que me reconheço nela com o lado jornalista rs. Gilmore Girls é uma série de televisão norte-americana, de comédia dramática, criado por Amy Sherman-Palladino e protagonizada por Lauren Graham e Alexis Bledel. A série estreou em 5 de outubro de 2000 pela The WB e tornou-se uma série emblemática para a rede. Teve sete temporadas, com a temporada final mudada para a The CW, e terminou sua transmissão em 15 de maio de 2007. O principal foco do programa é a relação entre a mãe solteira Lorelai Gilmore e sua filha Rory, que moram em Stars Hollow, Connecticut, uma pequena cidade fictícia com personagens bem peculiares. A série explora questões familiares, românticas, educacionais e sobre amizades, juntamente com divisões das classes sociais, o último tema é sobre a difícil relação de Lorelai com seus pais da alta sociedade, Emily e Richard, as experiências de Rory em uma escola de elite e posteriormente na Universidade de Yale.

Smallville (2001) – Prime Vídeo

Todas as temporadas de Clarck, antes de assumir como Superman, estão disponíveis no Prime – Foto: Divulgação

A série foi um sucesso de audiência nos primeiros anos, por contar a trajetória do jovem Clark Kent até se tornar o Superman, os produtores tiveram muita liberdade para criar e desenvolver as aventuras de Clark sem, necessariamente, se atentar a todos os detalhes trazidos pelas histórias em quadrinho.

Ainda assim, a produção explorou muito bem a história do kryptoniano, que cresceu na pacata cidade de Pequenópolis (“Smallville” em inglês) após chegar à Terra junto a uma chuva de meteoros. A série percorre a adolescência de Clark, que tenta se misturar entre os adolescentes humanos como se fosse um deles, transcorre sobre os primeiros indícios do amor, a dificuldade em se ajustar na sociedade, e a vontade de descobrir mais sobre a própria história enquanto tenta esconder das pessoas quem ele é (embora faça questão de usar seus poderes para salvar todo mundo.

The Oc (2003) – HBO Max

The OC abordou uma lista de situações ainda hoje comuns à adolescência – Foto: Divulgação

Essa eu vi umas duas vezes, o episódio piloto de The O.C alcançou a maior audiência da história da Warner Bross na época de seu lançamento, mas também conquistou, posteriormente, muito destaque nos jornais e capas de revista dos anos 2000. A série abordou uma lista de situações ainda hoje comuns à adolescência, como abuso de álcool e substâncias alucinógenas, gravidez, abandono e negligência parental, e como o sistema prisional trata os adolescentes.

Na trama, seguimos a vida de Ryan: um jovem que foi capturado pela polícia enquanto tentava roubar um carro com seu irmão. Ryan não foi condenado por ser menor de idade e acabou sendo liberado graças ao seu advogado público de defesa, Sandy Cohen. Após voltar para casa, Ryan parece perceber, pela primeira vez, que não precisa se sujeitar a uma vida de abusos na casa de sua família e decide pedir ajuda a Sandy. Então, a família Cohen o acolhe e o ensina o verdadeiro significado do que é fazer parte de uma família, onde todos o amam e o apoiam. A partir daí, o jovem terá um enorme choque cultural ao se deparar com pessoas, lugares, e situações que apenas as pessoas ricas do Orange County tem o prazer de desfrutar.

One Three Hill (2003) – Prime Vídeo

One Tree Hill destaca como personagem principal o jovem Lucas, que sonha em ser jogador de basquete profissional – Foto: Divulgação

Sou apaixonadaaaaaa nessa série, talvez uma das maiores memórias que as pessoas guardam desta série seja a música de abertura, chamada “I don’t want to be” e performada por Gavin DeGraw. A produção One Tree Hill destaca como personagem principal o jovem Lucas, que sonha em ser jogador de basquete profissional e, por isso, sempre frequenta uma quadra pública com seus amigos para jogar.

Um dia, sua performance no jogo ganha bastante destaque e recebe a chance de integrar o time de basquete da escola One Tree High, o que se torna um problema porque Lucas terá de enfrentar uma parte nebulosa de seu passado: seu irmão e pai. Ele foi criado apenas pela mãe a vida inteira, pois foi rejeitado pelo pai desde que nasceu. Contudo, seu meio-irmão, Nathan, estuda em One Tree High e é capitão do time de basquete. Lucas, então, terá de lidar com o temperamento arrogante de Nathan, com as aparições de seu pai, e com toda a pressão do ensino médio. A série aborda diversos assuntos pertinentes, como gravidez na adolescência, abuso de álcool, abandono parental, rebeldia adolescente, e construção familiar.

Veronica Mars (2004) – Prime Vídeo

Veronica Mars também é uma das séries nostalgicas que estão presente no Prime – Foto: Divulgação

Veronica Mars é uma adolescente de ensino médio que aprendeu desde cedo como as pessoas podem guardar segredos e criar mistérios. Isso porque seu pai é delegado de polícia e a ensinou muitas habilidades, as quais ela mesma utiliza para se tornar uma “detetive” enquanto lida com dramas pessoais e trabalhos da escola.

No início da série, Veronica possui uma postura mais reservada do que os seus colegas de classe, pois sua melhor amiga foi assassinada e com ela se foi o seu relacionamento com o ex-namorado. Seu pai havia contribuído para solucionar o caso que levou à morte da menina, mas por acreditar que a família dela estava envolvida no crime, ele foi dispensado de seu emprego e passou a atuar como detetive particular. Com isso, ao mesmo tempo em que Veronica ajuda seu pai a solucionar alguns casos ou resolve mistérios trazidos por seus colegas de escola, ela junta pistas para desvendar qual a ligação entre o assassinato de sua melhor amiga e a família dela.

Supernatural (2005) – Prime Vídeo

Dean e Sam enfrentam todos os tipos de ciratura e até mesmo Deus, em Supernatural – Foto: Divulgação

Os irmãos Winchester já são conhecidos pelos espectadores de séries. A dupla formada por Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) rodou os Estados Unidos a bordo de um Impala preto para desvendar casos sobrenaturais.

Os caçadores tiveram uma base de fãs sólida: a série durou 15 anos com seus atores principais nos mesmos papéis, e é até hoje lembrada entre as produções de fantasia e horror sobrenatural.

The Office (2005) – Netflix

Apesar de ter sido concluída há oito anos, a série se tornou a mais assistida na Netflix em 2020 – Foto: Divulgação

A versão americana do seriado The Office foi um sucesso instantâneo. Com um roteiro afiado e atuações de grandes nomes da comédia, como Steve Carell, John Krasinski, Rainn Wilson, Jenna Fischer e Mindy Kaling, o dia a dia da empresa de papel Dunder Mifflin divertiu milhões de espectadores.

Apesar de ter sido concluída há oito anos, a série se tornou a mais assistida na Netflix em 2020, além de ser uma grande influência na cultura pop (e nos memes na internet).

Greys Anatomy (2005) – StarPlus

Greys Anatomy é uma das maiores produções do gênero médico – Foto: Divulgação

Outra série que caiu nas graças dos fãs e não parou até hoje é Grey’s Anatomy, confesso que já me cansou algumas temporadas e que preciso retomar. Uma das maiores (se não, a maior) do gênero médico, a produção acompanha médicos cirurgiões, atendentes e internos do Grey Sloan Memorial Hospital.

A perspectiva inicial era da protagonista Meredith Grey (Ellen Pompeo), mas, ao longo das temporadas, o seriado ficou conhecido por sua habilidade de conciliar os casos médicos com personagens e histórias paralelas bem construídas. Grey’s Anatomy é a série mais longa da emissora ABC por uma razão, todo o sucesso feito.

No Youtube tem mais dicas de filmes e séries, aproveita para dar uma olhada e se inscrever para ficar por dentro de tudo – https://www.youtube.com/natycamoleze!

Texto publicado originalmente em 20 de outubro de 2023

Naty Camoleze

Jornalista, comunicadora e apaixonada pelo universo de filmes e séries, sempre busca algo escondidinho nos streamings para indicar