Restrição de eventos menores é cogitada em Americana

Decreto publicado na segunda veta eventos com mais de 100 pessoas, mas perspectiva é de que todos os eventos sejam suspensos no município


Publicado na segunda-feira (16), o decreto de estado de atenção da Prefeitura de Americana suspendeu todos os eventos da cidade com público superior a 100 pessoas, em local aberto ou fechado, para combater a disseminação do coronavírus (Covid-19). Entretanto, a perspectiva é de que, em um futuro breve, todos os eventos sejam suspensos no município.

O assunto foi discutido nesta terça-feira (17), durante reunião entre diversas autoridades no auditório da Secretaria de Saúde. O objetivo era posicionar as secretarias sobre as práticas de prevenção adotadas e alinhar as condutas no âmbito municipal.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal_1.2.2019
Secretário de Saúde de Americana, Gleberson Miano, admitiu que município pode suspender todos os eventos, até os menores

Durante o encontro, o secretário de Ação Social e Desenvolvimento Humano de Americana, Ailton Gonçalves Dias Filho, questionou se não seria o caso de restringir todos os eventos. “Senão vai ficar complicado. Tenho reunião com 101 pessoas, não pode. Aí se tiver 98 eu posso fazer? O risco (de transmissão) é o mesmo”, ponderou.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Em resposta, o secretário de Saúde Gleberson Miano disse que a decisão de restringir para 100 pessoas foi tomada no domingo (15) de manhã. Entretanto, o cenário agora é outro e a tendência é de que todos os eventos sejam suspensos em um futuro próximo.

Foto: Marília Pierre / Prefeitura de Americana
Encontrou que debateu questões sobre o coronavírus em Americana foi realizado nesta terça

“O Estado tinha restringido para 500 pessoas e agora é número nenhum. Achamos um meio termo para não acabar com os eventos já nessa semana. Estamos no estado de atenção, mas provavelmente a gente vai caminhar para isso mesmo. Para número nenhum. Está muito perto da gente (os casos de coronavírus)”, explicou Miano.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana, a fiscalização é realizada pela Gama (Guarda Municipal de Americana) e Uvisa (Unidade de Vigilância Sanitária). No momento, todo evento que ultrapasse o limite de 100 pessoas estabelecido no decreto está proibido. O descumprimento pode resultar no fechamento do espaço.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” fala sobre a pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, e seus impactos nas cidades que fazem parte da RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora