Motorista de van que ia para Festa do Peão morre na Anhanguera

Acidente ocorreu na madrugada desta quinta; ele era funcionário de empresa de transporte de Limeira e buscaria pessoas na Festa do Peão de Americana


Um acidente envolvendo uma van e um caminhão, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (20), na Rodovia Anhanguera, em Americana, deixou uma vítima fatal. O motorista Emerson Dalaqua Pinheiro, de 46 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do hospital. O sepultamento está marcado para as 10 horas desta sexta-feira (21), no Cemitério Parque de Limeira.

A Polícia Rodoviária foi acionada às 5h desta quinta para atender uma colisão traseira entre dois caminhões e uma van. O motorista da van estava preso entre as ferragens, sendo necessária a retirada de parte do banco do veículo para socorro da vítima pela equipe de resgate da Autoban, concessionária que administra a rodovia.

Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação
Van colidiu na traseira do caminhão que trafegava em baixa velocidade, na mesma faixa

Segundo o boletim de ocorrência, Emerson era motorista de uma empresa de transportes de Limeira e estava responsável por buscar alguns passageiros na Festa do Peão de Americana. Ele seguia pela rodovia, na faixa da direita, sentido interior-capital, quando, no quilômetro 128, teria batido contra a traseira de um caminhão na mesma faixa.

Com o choque, o pneu de estepe do caminhão teria se soltado e invadido a segunda faixa da rodovia. Um outro caminhão que vinha logo atrás conseguiu desviar do acidente, mas bateu no pneu, causando danos ao veículo.

Emerson foi socorrido no local e chegou a ter uma parada cardiorrespiratória. Ele foi reanimado pela equipe de resgate e conduzido à Santa Casa de Limeira, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do hospital. Ele deixa esposa e dois filhos.

Os veículos passaram por perícia e foram liberados. A van que era conduzida pela vítima foi entregue a um de seus amigos, que compareceu ao local do acidente. Os motoristas dos caminhões não apresentavam ferimentos e foram liberados.

O condutor do primeiro caminhão, F.Q.A., de 39 anos, estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa desde o dia 12 de junho e teve o documento recolhido pelos policiais. O boletim de ocorrência foi registrado na CPJ (central de polícia Judiciária) de Americana como homicídio culposo em detrimento de acidente de trânsito.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora