Ministra da França critica EUA por ataques “sem resposta” contra iranianos


A ministra da Defesa da França, Florence Parly, criticou os EUA neste sábado sobre o que ela descreveu como ataques “sem resposta” nos últimos
meses ameaçando o Golfo Pérsico, alertando que as décadas de dissuasão na região rica em petróleo parece estar perdendo seu poder.

Florence Parly disse separadamente que a França “lamentou muito” a retirada unilateral dos EUA do acordo nuclear do Irã em 2015 com potências mundiais, realizada pelo presidente americano, Donald Trump, que levaram à reimposição de sanções esmagadoras.

Ao dizer que a França continuaria a conversar com o Irã, Parly afirmou que a França pressionaria por uma força de segurança marítima organizada na Europa na região e que iria cooperar, porém será separada da força americana.

“Vimos um desengajamento deliberado e gradual dos EUA”, disse. Desde o início do ano, houve uma série de ataques na região, começando primeiro com a suspeita d eum ataque a navios petroleiros perto do Estreito de Ormuz. Os EUA culpam o Irã pelos ataques, algo que Teerã nega. O Irã derrubou um drone de vigilância militar dos EUA e apreender petroleiros. Houve também um ataque de drone e míssil em setembro aos campos de petróleo sauditas, atingindo a produção de petróleo do reino. Os EUA também culpam o Irã, algo que o Irã nega.

Fonte: Associated Press

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora