Eventos com mais de 1 mil pessoas serão proibidos em partes da Espanha


O governo da Espanha vai proibir eventos públicos que reúnam mais de 1.000 pessoas em Madri, em duas áreas do País Basco e na comunidade autônoma de La Rioja, numa tentativa de conter a disseminação do coronavírus, anunciou hoje o ministro de Saúde do país, Salvador Illa.

No restante do país, o governo irá avaliar a proibição de aglomerações caso a caso, acrescentou o ministro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora