16 de janeiro de 2021 Atualizado 19:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Mundo

EUA: Biden indica juiz Merrick Garland para chefiar o Departamento de Justiça

Por Agência Estado

07 jan 2021 às 09:14 • Última atualização 07 jan 2021 às 10:41

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou nesta quinta-feira, 7, a nomeação do juiz Merrick Garland para o cargo de procurador-geral. Se confirmado pelo Senado, o magistrado deixará a Corte de Apelações de Washington D.C para liderar o Departamento de Justiça (DoJ).

Garland, de 68 anos, é mais conhecido por ter sido indicado pelo ex-presidente Barack Obama para uma vaga na Suprema Corte, em 2016. A indicação, contudo, não chegou a ser submetida à votação no Congresso, porque os republicanos alegaram que ela não poderia ocorrer em ano eleitoral. No ano passado, porém, o partido ignorou a regra e confirmou Amy Coney Barret como sucessora de Ruth Bader Grinsburg no tribunal.

Biden também escolheu Lisa Monaco para atuar como vice-procura-geral e Kristen Clarke como assistente para assuntos de direitos civis. Já Vanita Gupta será procuradora-geral associada. “Nossos indicados para liderar o DoJ são eminentemente qualificados, personificam caráter julgamento acima de repreensões, e dedicaram suas careiras a servir o povo americano com honra e integridade”, afirmou o presidente eleito, em comunicado.

Publicidade