09 de julho de 2020 Atualizado 22:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

BCE anuncia medidas que flexibilizam garantias necessárias para empréstimos

Por Agência Estado

07 abr 2020 às 13:49 • Última atualização 07 abr 2020 às 14:43

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou nesta terça-feira, 7, um pacote de medidas que flexibiliza garantias necessárias para empréstimos, com o objetivo de ampliar a tomada de crédito em meio à crise trazida pelo novo coronavírus. A autoridade fala em mudanças regulatórias “sem precedentes”, mas temporárias, que devem ser reavaliadas antes do final de 2020.

Para “mitigar o aperto de condições financeiras”, o BCE passará a aceitar garantias de menor qualidade para conceder crédito, como títulos de dívida da Grécia.

O piso para crédito doméstico foi reduzido de 25 mil euros para zero, como forma de facilitar a apresentação de garantias por pequenas empresas.

Já a parcela de dívida sem garantia emitida por bancos foi elevada de 2,5% para 10,0%. A autoridade europeia também passará a aceitar empréstimos em moeda estrangeira.

“Estamos aumentando a tolerância ao risco para apoiar concessão de crédito”, afirmou o BCE, em nota.