21 de abril de 2024 Atualizado 01:22

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Banco do Brasil passa a permitir investimento em Tesouro Direto pelo WhatsApp

Por Agência Estado

10 de fevereiro de 2024, às 08h22

O Banco do Brasil começou a permitir nesta sexta-feira, 9, que os clientes façam compras de títulos do Tesouro Nacional através do assistente virtual do banco no WhatsApp. Podem ser feitas aplicações em todos os títulos, o que inclui modalidades mais recentes, como o Educa+ e o Renda+. Outros investimentos devem chegar ao WhatsApp do banco em breve.

O BB afirma que é a primeira instituição financeira do mundo a permitir aplicações em títulos do governo local através do aplicativo de mensagens. O WhatsApp do banco também tirará dúvidas dos clientes sobre o Tesouro Direto, como as relativas a tributação, imposto de renda e pagamento de juros.

Em breve, o BB afirma que devem ser integrados ao WhatsApp do banco os serviços de resgate, agendamento, reinvestimentos e extrato.

O banco oferece uma série de serviços pelo WhatsApp, como abertura de conta e renegociação de crédito. Também tem reforçado a área de investimentos, em especial para os clientes com menor renda, através de soluções digitais.

“Este é só um exemplo destacado de como temos atuado com soluções modernas, simples e adequadas, seja para investimentos ou outras frentes de negócios”, disse a presidente do BB, Tarciana Medeiros, na coletiva de resultados do banco. “Em outro exemplo, a solução Minhas Finanças se baseia no Open Finance e permite que os clientes observem suas aplicações em outros bancos e operem no App BB. Somos pioneiros nisso tudo.”

O vice-presidente de Negócios de Atacado do BB, Francisco Lassalvia, afirmou que outros produtos de investimento, como letras de crédito ao agronegócio (LCAs), letras de crédito imobiliário (LCIs), certificados de depósito bancário (CDBs) e fundos de investimento devem chegar ao WhatsApp em breve.

“O Tesouro Direto é um excelente instrumento para a democratização de investimentos no País, além de incentivar a inclusão financeira, inclusive com programas personalizados que temos desenvolvido em parceria, como o Educa+ Mulher”, disse Lassalvia.

Segundo ele, por isso o banco escolheu os títulos públicos para inaugurar o novo canal.

Publicidade