Rio: PM alerta transeuntes com sirenes e pode dar voz de prisão em caso de risco


A Polícia Militar no Rio de Janeiro está usando sirenes para alertar as pessoas nas ruas sobre os riscos das concentrações, mesmo em espaços ao ar livre. Segundo a PM, o som é usado para chamar a atenção das pessoas e emitir alertas de combate à pandemia do coronavírus.

Nos casos de desobediência, os policiais militares atuarão de acordo com o protocolo interno da corporação, informa a nota da PM, que estabelece o uso progressivo da força. “Pelo espírito solidário demonstrado pela maioria esmagadora da sociedade durante essa crise, o comando da Polícia Militar está confiante de que contará com a compreensão de todos. Contudo, em caso de desobediência, o infrator receberá voz de prisão, como está previsto na legislação vigente”, explica a PM.

Além das ações de contenção nas estações de transporte, estratégicas para assegurar o cordão de isolamento, os policiais militares estarão presentes em vias urbanas, praias, parques e outros locais de atratividade coletiva, no sentido de apoiar os demais órgãos públicos e garantir o cumprimento do decreto governamental.

Desde a zero hora deste Sábado foi iniciada uma megaoperação da PM, com os policiais militares que atuam no patrulhamento nas ruas orientando a população para evitar aglomerações e, se possível, permanecer nas residências.

“Baseado nos princípios do policiamento preventivo e de proximidade, o planejamento estará integrado à atividade de rotina da Polícia Militar, que empregou todos os recursos humanos e materiais necessários, podendo ser ampliado caso haja necessidade”, disse a PM.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora