07 de agosto de 2020 Atualizado 22:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Turismo

O que fazer no fim de semana em São Pedro

Cachoeiras, balonismo, tirolesa, passeio de jipe e a cavalo… opções de aventura não faltam na estância turística situada a apenas 73 km de Americana

Por Leslie Cia Silveira

08 dez 2019 às 08:43 • Última atualização 08 dez 2019 às 10:41

Banhos de cachoeira e piscina, balonismo, voo livre, tirolesas, trilhas, passeio a cavalo e jipe… Se você procura diversão com adrenalina, São Pedro – situada a apenas 73 km de Americana -, é o roteiro certo. A estância turística tem opções para todo o perfil de turista, desde aqueles que buscam estar em comunhão com a natureza até a galera que adora aventuras radicais.

Se observar a natureza exuberante dos vários mirantes no alto da serra é uma oportunidade fascinante, imagina fazer um sobrevoo de balão para contemplar a paisagem que se desenha incrivelmente bela em todos os ângulos que os olhos alcançam. E tudo isso temperado com ingredientes que caracterizam a culinária do interior e as delícias preparadas no fogão a lenha.

 

Rancho da TirolesaRancho da Tirolesa Voo livre BalonismoCruzeiro do Facão Pesqueiro dos Angicos Cascata DorigonSantanas Ranch Cachoeiras da Furna Thermas Water Park - ToboáguasThermas Water Park - Parque InfantilThermas Water Park - Parque Infantil Rio LentoThermas Water Parque - Área Vip (gazebos)Thermas Water Park - Piscina de Ondas, Balde MalucoIgreja Matriz de São PedroSeminário Santo AntonioCapela de Santo AntonioParque do CristoAntiquário Vila Del CapoAntiquário Vila Del CapoAntiquário Vila DelCapo Parque Marcelo GolinelliFeira do Produtor Rural

A equipe do Malas Prontas foi convidada para desvendar as belezas naturais da charmosa São Pedro, com seus antiquários, pousadas, cafés e restaurantes, que oferecem uma gastronomia requintada com o aroma inconfundível da produção artesanal de cervejas, cachaças e doces. Ah, e para quem adora visitar as feiras de artesanato ou não abre mão de adquirir cultura, o museu que leva o nome do ilustre poeta são-pedrense, Gustavo Teixeira, é parada obrigatória, assim como o Boulevard Dona Hermelinda.

Foto: Divulgação
Thermas Water Park: maior parque infantil da América Latina e maior piscina de ondas de SP; Parque da Baleia (foto)

TOBOÁGUAS E PISCINAS AQUECIDAS

Um complexo de lazer com piscinas, toboáguas, parque infantil e espaço vip com gazebos supercharmosos. Se o Thermas Water Park sempre foi destaque entre as principais atrações de São Pedro, imagina após o lançamento, em novembro passado, do projeto “Viva Verão o ano Inteiro”.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

O parque aquático e Luan Santana Music firmaram uma parceria por meio da qual quem adquirir o “Passaporte Anual Luan Viva do Thermas” poderá usufruir de acesso ao parque – com mais 3 pessoas -, pelo período de um ano, com direito a um kit exclusivo do Luan e do Thermas, acesso VIP para o show de aniversário do Luan no parque, no dia 14 de março de 2020, cartão personalizado e adesivo para acesso ao estacionamento.

Silvia Andrade, sócia-proprietária do Thermas, afirmou, por meio de nota, que o projeto tem por objetivo oferecer mais um diferencial para os visitantes. “Poder ‘viver’ uma experiência como essa faz parte da nossa proposta em unir a família e proporcionar momentos inesquecíveis”.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

O complexo abriga a maior piscina de ondas do Estado e o maior parque infantil da América Latina nos seus 4 milhões de m² de atrações aquáticas e secas. São cinco áreas tematizadas com grutas, cavernas, cascatas, ilhas e decoração pirata com réplica do navio “Galeão Pérola Negra” em tamanho real. O Parque da Baleia tem restaurante, bar e um palco para shows. Mundo pré-histórico, insetos gigantes e extraterrestres completam o menu de atrações.

Foto: Divulgação
Cachoeiras da Furna: natureza exuberante e refeições feitas no fogão a lenha

POUSADAS E HOTÉIS

Com pouco mais de 35 mil habitantes, São Pedro “repousa na encosta da Serra do Itaqueri” – como eles mesmos gostam de dizer. A rede hoteleira oferece opções sob medida para todos os perfis de visitantes e viajantes. Na lista das instalações mais procuradas estão os hotéis fazendas Colina Verde e São João, Hotel Picadão e Hotel SPA, Gruta dos Anões e as pousadas da Lua, 3 Marias, dos Caminhos, Cachoeiras da Furna e Pôr do Sol.

O que esses locais tem em comum? O acolhimento e a infraestrutura impecáveis, além da variedade de opções de lazer e entretenimento para os hóspedes. No Hotel Picadão, por exemplo, há entretenimento voltado ao público infantil, além da piscina que funciona 24 horas.

Sobre o perfil dos hóspedes, Milena Grabriela Camargo explica que os turistas, na sua maioria, vêm para conhecer a cidade e aproveitar as atrações turísticas. “Nós atraímos os hóspedes para leva-los ao parque [aquático], passeios a cavalo, entre outras atividades”.

Foto: Priscila Alves / Prefeitura de São Pedro e Divulgação
Rancho da Tirolesa: 500 metros de extensão, divididos em duas etapas, para quem não tem medo de altura

SE JOGA DE TIROLESA!

As tirolesas são, certamente, uma das atrações preferidas do turista que busca diversão com uma pitada generosa de adrenalina. No Rancho da Tirolesa, em São Pedro, essa aventura pode ser experimentada em duas etapas. Rogério Boaventura, proprietário do rancho cravado a 1.200 metros de altitude, de onde se tem uma vista de tirar o fôlego, explica que a tirolesa tem 500 metros, divididos em duas etapas. Os preços são R$ 45 (por pessoa) ou dupla pai ou mãe com filho: R$ 50.

Outra aventura é o passeio a cavalo com duração média de 40 minutos em meio à natureza extremamente generosa do sítio. A trilha, diz Rogério, será ampliada para uma hora de cavalgada. O rancho serve café da manhã, petiscos e almoço rural preparados no fogão à lenha – e tornou-se um dos pontos de encontro preferidos de clubes de motociclistas. “Eles vêm numa média de 80 a 150 motociclistas. No geral, são cerca de 700 pessoas no domingo vindas de toda região e da Capital. A procura pela serra é muito grande por conta das belezas naturais, inclusive vem muita gente de Americana”, observa.

Foto: Divulgação
Vila Del Capo: antiquário, orquidário e restaurante

ANTIQUÁRIO E IGREJA

O antiquário Vila Del Capo leva o turista para uma viagem no tempo. A imponente arquitetura medieval abriga um belíssimo acervo com cerca de três mil peças das mais variadas origens. São enfeites, mobílias, equipamentos, utensílios, relógios de época e demais objetos vintage que remetem ao início do século 20. Também estão expostas peças raras, exclusivas e dos mais variados valores. Um achado encrustado no Alto da Serra entre as cidades de São Pedro e Brotas, onde também funciona um restaurante e um orquidário com dezenas de espécies.

Na mesma região, os turistas encontram locais de visitação cheios de significado como a Igreja Santo Antônio, que abriga uma relíquia do santo de Pádua doada pelo Vaticano. O Parque Marcelo Golinelli possui mirantes que descortinam paisagens encantadoras, assim como o Parque do Cristo.

Foto: Divulgação
Museu Gustavo Teixeira: patrimônio histórico que homenageia o ilustre poeta são-pedrense

MUSEU GUSTAVO TEIXEIRA

Viajar também é oportunidade para adquirir cultura. Em São Pedro, o museu que homenageia o poeta Gustavo Teixeira, o ilustre filho da terra, retrata – em cada sala -, os principais temas da cidade. Entre os quais: sala da política (com móveis da antiga Câmara Municipal); formação da cidade  a partir da vinda dos tropeiros, que seguiam com destino a Minas Gerais em busca do ouro e do café – e objetos de época, como pilão e arado. Um espaço muito especial traz peças belíssimas e raras de arte sacra, como um missário escrito em latim.

O museu foi inaugurado em junho de 2008, onde um dia funcionou o grupo escolar Gustavo Teixeira (poeta parnasiano muito conceituado no meio literário). “O prédio foi tombado pelo patrimônio histórico e, no ano passado, o município conseguiu a posse para que seja preservada a memória e a história; inclusive estamos fazendo o inventário de todas as peças”, explica a coordenadora, Sandra Golinelli.

O poeta é homenageado em várias cidades da região com nome de rua, inclusive em Santa Barbara d´Oeste, além de Limeira, Sorocaba, São Paulo, entre outros municípios. Gustavo Teixeira faleceu antes de assumir a sua cadeira na Academia Brasileira de Letras. O museu é aberto de terça à sexta, das 9h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 9h às 13h.