24 de novembro de 2020 Atualizado 13:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Viajando

Destinos nacionais que já estão recebendo turistas

Aos poucos, os destinos nacionais estão voltando a receber turistas após meses sem atividades do setor por conta da pandemia

Por Lisia Minelli / Estevampelomundo

04 out 2020 às 09:16

Aos poucos, os destinos nacionais estão voltando a receber turistas. Os turistas e os destinos no Brasil estão se adaptando aos protocolos de segurança. Muitos desses lugares e atrações já estão abertas. Aliás, fizemos uma lista com eles, confira!

REGIÃO NORDESTE

Maceió – Foto: Divulgação

ALAGOAS
A capital Maceió e o interior do estado retomaram o turismo ainda em julho. Os banhistas podem frequentar as praias. Mas não podem consumir bebidas alcoólicas no local. E nem fazer aglomeração. As barracas de praia estão funcionando, assim como bares e restaurantes, feirinhas e até os passeios pela região. Como para as piscinas naturais de Maragogi, que estão operando com apenas 50% da sua capacidade.

Salvador – Foto: Divulgação

BAHIA
Alguns dos principais destinos turísticos da Bahia estão reiniciando suas atividades. Bem como os hotéis e resorts desses destinos nacionais. Morro de São Paulo, por exemplo, reabriu para os turistas em setembro. Se bem que, implementou diversos protocolos de segurança. Em Mata de São João, as atrações reabriram com capacidade e horário restritos. É onde ficam as famosas praias de Imbassaí e Praia do Forte.

Na capital Salvador, algumas praias já reabriram para os banhistas. Assim como o Mercado Modelo, famoso posto turístico da cidade. Outros destinos reabertos são Trancoso, Arraial d’Ajuda, Itacaré, Chapada Diamantina e Abrolhos. Na Chapada, entrada só mediante apresentação de teste para Covid-19.

Fortaleza – Foto: Jade Queiróz / Banco de Imagens / MTur

CEARÁ
Na capital Fortaleza, as praias estão abertas e as barracas funcionando. Os hotéis, bares e restaurantes funcionam com capacidade reduzida. Jericoacoara e Canoa Quebrada são destinos nacionais que já reabriram para o turismo.

MARANHÃO
As principais atrações deste estado já estão funcionando. Porém, com rígidos protocolos de segurança e higiene. Assim como os shoppings, bares e restaurantes. Na capital São Luís, os restaurantes também funcionam com restrições. Já o Parque Nacional dos Lençóis está aberto aos turistas, mas com restrição de capacidade.

Ponta do Seixas, em João Pessoa – Foto: Mtur / Divulgação

PARAÍBA
A capital João Pessoa reabriu o seu comércio e as praias. Já os hotéis da cidade não deixaram de funcionar.

PERNAMBUCO
Em Recife, as praias estão abertas para os banhistas. No entanto, aglomeração é proibida. Os bares e restaurantes locais funcionam com capacidade e horário reduzidos. As praias de Porto de Galinhas, famoso destino turístico do estado, estão abertas com horário reduzido, mas seus bares e quiosques continuam fechados. Já os passeios pela região e pelas piscinas naturais estão funcionando, assim como os bares e restaurantes locais. Fernando de Noronha, outro famoso destino turístico, permite a entrada somente de turistas que já tenham contraído o vírus.

PIAUÍ
A reabertura total das praias foi feita em setembro. As atividades comerciais também reabriram a pouco, assim como os shopping centers.

RIO GRANDE DO NORTE
Na capital Natal, comércios e shoppings estão abertos. Assim como as praias e as barracas. Já os bares e restaurantes podem funcionar até as 23 horas, cumprindo medidas de segurança. Em Pipa, desde julho funcionam comércio e restaurantes. Assim como as praias.

SERGIPE
Em Aracaju, as academias, as praias, os parques e shopping centers reabriram com capacidade reduzida. Em todo o estado, hotéis, bares restaurantes e praias já podem funcionar. Mas as atividades turísticas dos destinos nacionais deste estado ainda não têm previsão de retorno.


SUDESTE

ESPÍRITO SANTO
Em Vitória, Vila Velha e Guarapari, as praias estão abertas para atividades, mas está proibido o banho de mar. Comércios e restaurantes estão funcionando normalmente.

Belo Horizonte – Foto: Divulgação

MINAS GERAIS
Os hotéis e meios de hospedagens do estado podem abrir com capacidade reduzida em 50%. As cidades históricas de Tiradentes e Ouro Preto reabriram para o turismo, mas com restrições de capacidade e horários. Assim como na Serra do Cipó.

Rio de Janeiro – Foto: Divulgação

RIO DE JANEIRO
Na capital fluminense, bares e restaurantes estão funcionando. As praias estão liberadas para atividades e banho de mar, mas está proibido aglomeração. O banho de sol é permitido somente com reserva. Os pontos turísticos como Cristo Redentor e Pão de Açúcar funcionam seguindo protocolos.

A Região dos Lagos, onde estão praias com Búzios e Cabo Frio, estão reabertas e os hotéis funcionam com capacidade reduzida. Já Ilha Grande, recebe turistas somente com reserva antecipada e pernoite garantida.

Os hotéis funcionam com ocupação menor. Paraty recebe turistas mediante preenchimento de termo de responsabilidade. Embora o centro histórico esteja aberto, muitas comunidades seguem fechadas.

SÃO PAULO
As principais atrações turísticas da capital paulista seguem fechadas, embora os hotéis e o comercio estejam abertos. Bares e restaurantes podem funcionar com horário e capacidade reduzidas. As praias do Litoral Norte, como Ubatuba e Ilhabela, estão igualmente abertas.


SUL

Trem é um dos atrativos turísticos do Estado do Paraná – Foto: Divulgação

PARANÁ
Na capital Curitiba, o trem turístico até Morretes está operando. Assim como shoppings e comércios, mas com restrições. A Ilha do Mel está aberta aos turistas. Porém, Foz do Iguaçu reabriu somente seus hotéis e algumas atrações. Além disso, a cidade fará teste de Covid-19 em turistas. Ao passo que, as fronteiras com o Paraguai e a Argentina seguem fechadas.

Vale dos Dinossauros, em Canela – Foto: Divulgação

RIO GRANDE DO SUL
Gramado e Canela, onde o turismo é forte, reabriram algumas atrações bem como hotéis com capacidade até 70%. Os parques temáticos, naturais e zoológicos reabriram com capacidade reduzidas.

SANTA CATARINA
Florianópolis não permite acesso às praias, mas permite atividades na faixa de areia com reserva antecipada. Em Balneário Camboriú, praia só para fazer exercícios e nada de banho de mar. O Parque Beto Carrero World está aberto, mas funciona com esquema de filas virtuais. Já a Serra Catarinense reabriu alguns pontos turísticos, ainda que com capacidade reduzida.


CENTRO-OESTE

Esplanada dos Ministérios – Foto: Marcello Casal Jr. – Agência Brasil

DISTRITO FEDERAL
Em Brasília, shoppings, bares e restaurantes foram autorizados a reabrir. Ao mesmo tempo em que os parques podem funcionar até as 21 horas. O uso de máscara é obrigatório.

Rio Quente Resorts – Foto: Divulgação

GOIÁS
O Parque da Chapada dos Veadeiros e Pirenópolis reabriram, assim como o turismo em Caldas Novas. O Hot Park, do Rio Quente Resorts, e os parques aquáticos do grupo diRoma também estão abertos.

MATO GROSSO
O turismo no Mato Grosso ainda aguarda a liberação de autoridades para retomar suas atividades. Entretanto, em Nobres, há alguns pontos turísticos reabertos e com medidas de segurança e higiene.

MATO GROSSO DO SUL
Bonito reabriu para o turismo, assim como os principais passeios, mas com limite de capacidade e protocolos de segurança.


NORTE

ACRE
Bares, restaurantes e hotéis podem funcionar, embora com medidas de restrição.

AMAPÁ
Na capital Macapá, os shoppings foram reabertos, assim como restaurantes, bares, academias, com redução na capacidade.

Manaus – Foto: Divulgação

AMAZONAS
Em Manaus, o Teatro Amazonas foi reaberto, bem como alguns cruzeiros que iniciaram retomada em setembro.

Alter do Chão – Foto: Divulgação

PARÁ
Em Alter do Chão, as praias estão abertas, mas com restrições. Na capital Belém, restaurantes e comércio estão funcionando. Assim como o famoso Mercado Ver-o-Peso. Outras atividades turísticas seguem proibidas.

RONDÔNIA
Desde julho alguns estabelecimentos comerciais puderam voltar as atividades. Mas a reabertura segue devagar.

RORAIMA
As viagens terrestres intermunicipais e interestaduais estão liberadas. No entanto, há regras de distanciamento e restrição de ocupação.

TOCANTINS
Os serviços não essenciais seguem proibidos no estado. Enquanto o Parque Estadual do Jalapão deve reabrir no dia 5 de outubro.

Publicidade