07 de agosto de 2020 Atualizado 14:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Turismo

Confira destinos imperdíveis para viajar em 2020

Naira Amorelli, turismóloga e colunista, destaca destinos para quem ainda não se programou para viajar neste ano

Por Da Redação

12 jan 2020 às 14:29

Portugal: Alentejo

O Alentejo, a maior região de Portugal, concentra grande parte da produção de vinho do país, muitos olivais, campos de trigo, paisagens de tirar o fôlego e vilarejos históricos encantadores.

Foto: Divulgação
Alentejo

Bem próxima à fronteira com a Espanha, Monsaraz deixa os visitantes apaixonados com suas ruas de pedra, sua vista privilegiada do Lago Alqueva – um dos maiores lagos artificiais da Europa – e um castelo localizado no topo de uma colina, onde é possível ver toda a região, desde os campos ao redor até o lago.

A paisagem é absolutamente fantástica. Estar pela vila no fim da tarde e passear pelas pequeninas ruas rendem registros lindos, assim como assistir um dos mais belos pores do sol de todo o Alentejo.

África do Sul – Cape Town

Fazer turismo em Cape Town é explorar a natureza. Um cenário maravilhoso e um clima agradável fazem da cidade um lugar ideal para conhecer na África do Sul na sua próxima viagem. Entre os locais para visitar estão o Addo National Park (Parque Nacional dos Elefantes) e o vale da vinícola de Robertson, a capital sul-africana do vinho.

Foto: Divulgação
Cape Town

Se o tempo estiver bom experimente o teleférico (que, inclusive, lembra muito o nosso bondinho do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro). A vista, da cidade e do oceano, é super Instagramável! Inclua na sua lista a imperdível Robben Island, que serviu de presídio para vários ativistas políticos, entre eles, Nelson Mandela, e hoje recebe visitantes do mundo todo.

Brasil – Rio de Janeiro

É impossível falar de Rio de Janeiro sem mencionar o Cristo Redentor, um dos principais símbolos do país e considerado uma das 7 maravilhas do mundo contemporâneo, ou as montanhas do Pão de Açúcar e seus famosos bondinhos, mas o Rio apresenta um quadro urbano riquíssimo e complexo, e um passeio pelo Boulevard Olímpico, na revitalizada área portuária, acaba sendo uma verdadeira viagem por um extenso catálogo de atrações de primeiríssima linha.

Foto: Divulgação
Rio de Janeiro

Por lá, você encontra a Pira Olímpica, bem ao lado do CCBB Rio, da Casa França-Brasil e do Espaço Cultural da Marinha, que dá acesso à Ilha Fiscal, o Museu do Amanhã, MAR – Museu de Arte do Rio, Mural Etnias (do artista Cobra), AquaRio e a recém inaugurada Rio Star, a roda gigante do Rio.

A Cidade Maravilhosa foi a primeira do mundo a receber da Unesco o título de “Patrimônio da Humanidade como Paisagem Cultural Urbana”. A paisagem carioca é a imagem mais conhecida do Brasil e a cidade possui um patrimônio arquitetônico que corresponde, com alta qualidade, a todos os seus períodos relevantes, desde a Colônia até a contemporaneidade.

Fundada em 1565, pelos portugueses, foi o principal porto colonial do Atlântico Sul, capital do Brasil Colônia (1750), capital do Reino Unido Portugal-Brasil-Algarves (1815), capital do Império do Brasil (1822), capital da República dos Estados Unidos do Brasil (1889), até a construção de Brasília, quando se deu a transferência do governo federal para o Planalto Central brasileiro (1960).

San Bernadino: Museu do McDonald’s

O primeiro McDonald’s do mundo nasceu em San Bernadino, na Califórnia, nos Estados Unidos à margem da Rota 66, e hoje funciona como um museu “não oficial” do restaurante. Se você é um fã do McDonald’s não pode perder a oportunidade de conhecer esse lugar.

Foto: Divulgação
Museu do McDonald’s

O museu, montado no prédio original do primeiro McDonald’s, é pequeno, simples e abriga uma extensa coleção que abrange desde os primeiros cardápios até versões exclusivas de mascotes e brinquedos lançados em vários países ao redor do mundo que possuem restaurantes da rede.

O museu conta a história da marca em uma espécie de ordem cronológica, o que inspirou vários documentários e filmes. Os irmãos Dick e Mac McDonald abriram o primeiro restaurante em 1940, continha 25 itens no menu e funcionava como um drive-in popular entre os adolescentes.

Mas foi apenas em 1948 que eles reduziram seu cardápio a hambúrgueres e milk-shakes, com preços mais acessíveis e entrega de produto mais rápida. No entanto, foi Ray Kroc que levou a fama e expandiu os negócios a nível mundial após comprar o restaurante de Rick e Maurice.

No local não servem lanches, mas é um ótimo espaço para tirar fotos. A entrada é gratuita e uma hora é suficiente para a visita. O museu é aberto diariamente das 10 às 17 horas, fica há aproximadamente 1 hora de Los Angeles, no endereço: 1398 N E St, San Bernardino, CA 92405.

FONTE: Embarqueviagem.com