15 de junho de 2024 Atualizado 01:27

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Bem-Estar

Cuidados para evitar mancha de queimadura na pele

Por Ana Carolini Lima - A Fonte Comunica

04 de junho de 2024, às 22h10 • Última atualização em 04 de junho de 2024, às 22h11

As queimaduras podem ser classificadas em três níveis: primeiro grau, quando somente a camada epidérmica é atingida pelas lesões. Segundo grau, quando as lesões atingem a epiderme e a camada superficial ou se aprofunda na derme. Terceiro grau, quando além da lesão atingir a pele, atinge músculos, nervos, tendões, tecidos subcutâneos e até mesmo os ossos.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

De acordo com o Ministério da Saúde, no período de oito anos (2011 a 2019), ao menos 100 mil pessoas procuraram atendimento hospitalar devido a queimaduras.

Queimaduras podem causar manchas e marcas na pele. “Quanto maior o grau da queimadura e a falta de cuidado no período de cicatrização, mais intensa e escura a mancha será na pele”, explica a dermatologista Fátima Tubini.

Com alguns cuidados é possível controlar as marcas ocasionadas pela lesão da queimadura. “As precauções devem ser realizadas antes mesmo do surgimento das manchas, no momento de cicatrização, assim o nível de escurecimento da marca pode se tornar menor”, ensina Tubini.

Confira cuidados para evitar mancha de queimadura na pele:

Lave a queimadura com água fria

Após a queimadura, derrame água corrente fria sobre o local lesionado. Assim não corre o risco de a pele aumentar a temperatura, mas sim abaixar, evitando que a queimadura aumente seu nível.

Repasse o protetor solar na queimadura a cada duas horas

Evitar a radiação solar com a lesão ocasionada na pele é de extrema importância. Por isso, deve-se reaplicar o protetor solar em duas em duas horas.

Evite exposição excessiva ao sol e fontes de luz

Sempre que possível fique na sombra, evitar locais com calor intenso como carro, sauna, praia pode ajudar a diminuir a marca da queimadura. A radiação de luzes de computador, celular também devem ser dispensadas, pois podem escurecer o local da queimadura.

Utilize cremes hidratantes

Manter a pele hidratada é essencial. Usar cremes hidratantes específicos podem manter os nutrientes na pele e ajudar na recuperação, seu uso é recomendado sempre após o banho.

Faça tratamentos estéticos

Após a cicatrização da queimadura e a formação da mancha é possível realizar alguns tratamentos estéticos para a remoção da marca.

Ao sofrer uma queimadura grave, consulte um médico imediatamente para receber o tratamento adequado e evitar complicações como bolhas, infecções e cicatrizes permanentes. “Antes de se submeter a tratamentos estéticos, é recomendável agendar uma consulta ao dermatologista. Durante esta consulta, o profissional avaliará as condições da pele do paciente e fornecerá informações necessárias para o seu cuidado”, conclui a dermatologista Fátima Tubini.

Fonte: Fátima Tubini, graduada em Ciências Médicas, possui o título de Especialista em Dermatologia concedido pela AMB e Sociedade Brasileira de Dermatologia

Publicidade