05 de junho de 2020 Atualizado 22:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

MotoGP

Um dia depois do Catar, MotoGP adia etapa da Tailândia por surto de coronavírus

Por Agência Estado

02 mar 2020 às 10:30 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:06

O surto global de coronavírus, denominado de Covid-19, tem causado enormes consequências no mundo da velocidade. Apenas um dia depois da MotoGP cancelar a etapa de abertura da temporada de 2020 no circuito de Losail, em Doha, a entidade anunciou nesta segunda-feira o adiamento da corrida na Tailândia, que seria justamente a seguinte a do Catar.

A notícia foi confirmada depois do vice-primeiro-ministro do país asiático, Anutin Charnvirakul, admitir que não havia como o evento prosseguir na data planejada de 20 a 22 deste mês em meio à crescente crise em torno do coronavírus.

A temporada de 2020 da MotoGP tinha o seu início previsto para o próximo final de semana no Catar – as corridas de Moto2 e Moto3 estão mantidas, já que as categorias já estão em Doha nos testes de pré-temporada. A etapa da Tailândia, no dia 22 deste mês, seria então o de abertura, mas agora o campeonato começará em 5 de abril no circuito das Américas, em Austin, nos Estados Unidos.

A FIM (Federação Internacional de Motociclismo, na sigla em francês) e a Dorna, promotora da categoria, emitiram um comunicado oficial sobre a decisão do adiamento. “Devido ao atual surto de coronavírus, foi tomada a decisão de adiar o GP da Tailândia. Enquanto o surto global de coronavírus continua se desenvolvendo, o governo tailandês comunicou que não será possível realizar o GP da Tailândia em sua data original. Portanto, a FIM e a Dorna têm de anunciar que o evento, marcado originalmente para 22 de março em Buriram, foi adiado”, informou.

“A FIM e a Dorna estão atualmente avaliando se uma data alternativa é possível para o evento ainda nesta temporada. Mais atualizações serão publicadas assim que disponíveis”, completou a nota.