Bruno Soares e croata vencem campeões de Roland Garros na estreia em Cincinnati


Ainda tentando emplacar uma boa sequência de jogos com seu novo parceiro, Bruno Soares venceu em sua estreia no Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira, o tenista brasileiro e o croata Mate Pavic conquistaram grande vitória sobre os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, atuais campeões de Roland Garros, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/2), 4/6 e 10/7.

O triunfo garantiu Soares e Pavic, que formam a dupla cabeça de chave número seis do torneio, nas oitavas de final. Na sequências, eles vão enfrentar o brasileiro poderá fazer um duelo nacional com Marcelo Demoliner, que joga em Cincinnati com o russo Daniil Medvedev, vice-campeão em Montreal, no domingo.

Para o duelo brasileiro ser confirmado, Demoliner e o tenista russo precisam superar os holandeses Robin Haase e Wesley Koolhof, na estreia. A partida só vai acontecer na quarta. Assim, Soares só voltará a jogar na quinta-feira.

Soares e Pavic ainda buscam somar duas vitórias consecutivas desde que a dupla foi formada, no fim de junho. Nas quadras duras de Cincinnati, eles também tentam ganhar embalo em preparação para o US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, que terá início no dia 26.

Pela chave de simples, o destaque da rodada vespertina e noturna foi o australiano Nick Kyrgios. Entre altos e baixos nas últimas semanas, quando foi campeão em Washington e eliminado na estreia em Montreal, o número 27 do mundo superou o italiano Lorenzo Sonego por 7/5 e 6/4 na estreia em Cincinnati.

Seu próximo adversário será o russo Karen Khachanov, atual 9º colocado do ranking. Será o primeiro confronto entre os dois tenistas no circuito profissional.

Ainda nesta segunda, o espanhol Pablo Carreño Busta despachou o francês Gilles Simon por 7/5 e 7/6 (7/4), enquanto o alemão Jan-Lennard Struff bateu o croata Ivo Karlovic por 7/5 e 7/6 (7/4).

FEMININO – Na chave feminina, os destaques foram a russa Maria Sharapova e a norte-americana Venus Williams. A veterana da casa, de 39 anos, derrotou a compatriota Lauren Davis, que saíra do qualifying, por 7/5 e 6/2. Na segunda rodada, Venus enfrentará a holandesa Kiki Bertens. Pelas oitavas de final, se mantiver o favoritismo, a tenista local poderá ter pela frente rivais como a bielo-russa Victoria Azarenka e a suíça Belinda Bencic.

Em duelo de convidadas da organização, Sharapova derrotou a local Alison Riske por 6/3 e 7/6 (7/4), em quase duas horas de partida. O duelo foi marcado por 16 duplas faltas, sendo nove somente para a tenista da casa. Na segunda rodada, a russa terá pela frente a australiana Ashleigh Barty, que perdeu a liderança do ranking e caiu para o segundo posto na atualização desta segunda.

Se Venus e Sharapova confirmaram o favoritismo, a letã Jelena Ostapenko e a dinamarquesa Caroline Wozniacki foram eliminadas de forma precoce. Ostapenko caiu diante da casaque Yulia Putintseva por 6/2, 6/7 (3/7) e 6/3, enquanto a ex-número 1 do mundo se despediu ao ser batida pela ucraniana Dayana Yastremska por duplo 6/4.

Ainda nesta segunda, avançaram na chave a belga Elise Mertens, as bielo-russas Aliaksandra Sasnovich e Aryna Sabalenka, a grega Maria Sakkari, a russa Veronika Kudermetova, a polonesa Iga Swiatek e a sueca Rebecca Peterson.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora