17 de maio de 2024 Atualizado 21:19

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Técnico do PSG diz que ‘todos sabiam’ da saída de Mbappé e minimiza: ‘Entendo sua decisão’

Por Agência Estado

11 de maio de 2024, às 18h14

Um dia após Kylian Mbappé confirmar que não renovará seu contrato com o Paris Saint-Germain, o técnico Luis Enrique não demonstrou surpresa sobre a saída do atacante: “Todos sabiam”. A despedida do camisa 10 do Parque dos Príncipes, casa do clube em Paris, acontece neste domingo, 12, diante do Toulouse, pelo Campeonato Francês.

“Sabíamos há algum tempo. Todos sabiam. Isso não muda o cenário. Continua o mesmo. Todas as minhas escolhas foram para buscar o melhor para a equipe. E acredito que todas as partes se comportaram da melhor maneira”, disse o treinador na coletiva que precede a partida.

Vale lembrar que o craque ficou fora do time titular em vários jogos ao longo da temporada. Questionado se o havia barrado por causa de sua partida, Luis Enrique negou: “Apesar de terem tentado nos colocar em lados opostos várias vezes, só posso falar maravilhas sobre ele como pessoa e como jogador. Entendo sua decisão”.

Ele acrescentou: “São sete anos aqui (no PSG). Ele deu tudo pelo clube e o clube deu tudo a ele. Desejo o melhor para ele no futuro. Ainda não disse para onde vai, mas acreditamos que está claro. Desejo-lhe o melhor”.

O vínculo entre Mbappé e PSG termina no final de junho. Desde 2017 no clube francês, ele disputou 306 jogos pelo time, com 255 gols e 14 títulos. Na próxima temporada, no entanto, seu destino deve ser o Real Madrid, onde fará parte de um ataque formado por Vinicius Jr, Rodrygo, Endrick, entre outras joias.

“Com minhas qualidades e defeitos, eu tentei dar a melhor versão de mim durante esses sete anos. Antes de tudo, eu quero dizer obrigado, porque sem vocês todos eu jamais teria experimentado metade das emoções que eu senti. E só por isso eu já sou grato por toda a vida”, afirmou Mbappé.

ÚLTIMOS JOGOS PELO PSG
O PSG vem de uma eliminação amarga para o Borussia Dortmund nas semifinais da liga dos Campeões, torneio nunca vencido pela equipe. Na coletiva, Luis Enrique também admitiu que “foram dias difíceis emocionalmente” e o time ficou abalado, mas que deve manter a forma de jogar.

“Ainda resta um título, a final da Copa da França (contra o Lyon). Esse é o nosso objetivo. Continuar competindo e ganhando títulos. Estou convencido de que, independentemente dos jogadores que estiverem, seremos mais fortes no próximo ano porque é assim que penso”, completou.

Publicidade