18 de junho de 2024 Atualizado 18:20

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Copa do Brasil

São Paulo vence Águia de Marabá em jogo tranquilo e avança às oitavas

Com time repleto de reservas, Tricolor contou com gols de Lucas Moura e Erick para vencer por 2 a 0

Por Agência Estado

23 de maio de 2024, às 23h43 • Última atualização em 23 de maio de 2024, às 23h52

O São Paulo foi campo nesta quinta-feira com um time repleto de reservas, liderados por Lucas, e venceu o Águia de Marabá por 2 a 0, no MorumBis, no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Como venceu o jogo de ida por 3 a 1, avançou para as oitavas de final sem grande drama. O resultado na capital paulista poderia até ser mais elástico, não fosse grande atuação de Axel, goleiro do time paraense.

Os primeiros dez minutos de jogo tiveram algum equilíbrio, com uma disputa franca pela bola no meio de campo, e o Águia de Marabá até chegou a levar perigo ao gol de Jandrei. Passado este momento, contudo, o cenário foi de amplo domínio são-paulino. Em seu primeiro jogo como titular após se recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda, Lucas abria espaços na defesa adversária com facilidade. A aproximação de Galoppo na área também foi importante para o desenvolvimento da pressão são-paulina.

Erick marcou o segundo gol do São Paulo nesta quinta-feira – Foto: Caio de Sousa / Prea Photo Press / Estadão Conteúdo

Depois que tomou o controle da partida, o São Paulo articulou boas jogadas em trocas de passes e afundou o time paraense no campo de defesa. Em um dos momentos de maior pressão, colocou uma bola na trave com Erick, pouco tempo antes de Axel fazer milagres em duas finalizações seguidas de André Silva.

Foi só com a marcação de um pênalti, contudo, que a equipe paulista conseguiu abrir o placar. A penalidade, anotada após Erick ser derrubado por Júnior Dindê na área, foi convertida por Lucas. Já o segundo gol saiu de grande jogada do zagueiro Ferraresi, que desarmou no ataque e se apresentou na ponta direita para cruzou na área, onde Erick estava posicionado para fazer de cabeça.

O segundo tempo não muito diferente do primeiro. Com a vantagem de 5 a 1 no placar agregado, o São Paulo não encontrou grande resistência no Águia de Marabá. Na verdade, quem mais resistiu foi o goleiro Axel, que voltou a fazer boas defesas para evitar novos gols dos são-paulinos, que também se prejudicaram pela falta de pontaria em boas oportunidades, geradas especialmente nos minutos iniciais da etapa final.

A configuração da partida até o apito final foi de muita posse de bola para o São Paulo, mas de menos investidas mais agressivas. Até em razão da larga diferença no agregado, quando o cronômetro marcava cerca de 30 minutos, Zubeldía já havia realizado as cinco substituições. Perto do final, ainda houve tempo para Axel fazer outras ótimas defesas para evitar a goleada, só não conseguiu segurar a finalização de Juan que decretou o terceiro gol tricolor nos acréscimos, mas o lance acabou anulado por falta na origem da jogada.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 ÁGUIA DE MARABÁ

SÃO PAULO – Jandrei; Moreira, Ferraresi, Diego Costa e Patryck; Luiz Gustavo, Galoppo (Alisson) e Rodrigo Nestor (Rodriguinho); Lucas Moura (Luciano), Erick (Ferreira) e André Silva (Juan). Técnico: Luís Zubeldía

ÁGUIA DE MARABÁ – Axel; Bruno Limão, David Cruz, Caíque Baiano e Wender; Júnior Dindê (Mariano), Alan Maia (Daelson), Braga, Hitalo (Pablo) e Patrick Maranhão (Kaique); João Guilherme (Soares). Técnico: Glauber Ramos.

GOLS – Lucas, aos 35, e Erick, aos 42 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Wender.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (RJ)

RENDA – R$ 1.221.893,00.

PÚBLICO – 38.409 pessoas.

LOCAL – MorumBis, em São Paulo.

Publicidade