21 de Maio de 2020 Atualizado 09:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Projeto de lei pede volta do futebol no Rio com jogos no Maracanã

Por Agência Estado

12 Maio 2020 às 20:38 • Última atualização 13 Maio 2020 às 10:21

O deputado Jorge Fellipe Neto (PSD) apresentou um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para permitir que a Federação Estadual do Rio de Janeiro (Ferj) tenha autorização para retomar o Campeonato Carioca com as partidas sendo realizadas exclusivamente no Maracanã.

De acordo com o texto, os jogos do torneio deverão ser realizados sem a presença de público e precisarão seguir as recomendações médicas apresentadas no documento batizado “Jogo Seguro” e que foi preparado por uma comissão montada pela Ferj. Além disso, as partidas poderão ter transmissão por rádio, TV e internet, de acordo com decisão dos clubes.

“O período de afastamento social pelo qual passamos, se por um lado é fundamental para conter a transmissão da pandemia provocada pelo coronavírus, por outro gera tensões nervosas decorrentes do isolamento. O futebol é uma paixão do povo do Estado do Rio de Janeiro, podendo se converter em um importante meio de distração, reduzindo o stress do isolamento”, afirma o deputado na justificativa do seu projeto.

Ainda não há data para votação do projeto pela Alerj. E caso ele seja aprovado, precisará ser sancionado pelo governador Wilson Witzel, que já deu declarações públicas contra a retomada das competições no Rio.

Os principais clubes do Estado, porém, estão divididos quanto o assunto. Na última semana, a Ferj divulgou documento favorável ao retorno do torneio e que contou com o apoio de Flamengo e Vasco. Já Botafogo e Fluminense, com posição contrária, não assinaram o material.

Palco cogitado para receber a sequência do Campeonato Carioca, o Maracanã tem parte do seu complexo, o estádio de atletismo Célio de Barros, cedido para auxiliar no combate ao coronavírus, com centenas de leitos.