30 de maio de 2024 Atualizado 00:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Palmer faz quatro em noite mágica e Chelsea atropela o Everton no Campeonato Inglês

Por Agência Estado

15 de abril de 2024, às 22h14

Com show de Cole Palmer, de apenas 21 anos, o Chelsea goleou o Everton por sonoros 6 a 0 nesta segunda-feira, no Stamford Bridge, em Londres, no encerramento da 33ª rodada do Campeonato Inglês. A nova joia inglesa sofreu pênalti e marcou quatro gols no duelo, empatando com Haaland na artilharia do torneio. Ambos somam 20.

A noite do Palmer passou a ser ainda mais especial ao se tornar o primeiro jogador do Chelsea a marcar quatro gols em uma partida de Campeonato Inglês desde Frank Lampard, contra o Aston Villa, em março de 2010. Na ocasião, o time londrino venceu por 7 a 1.

Em busca de uma vaga nos torneios europeus, o Chelsea chegou aos 47 pontos, na nona colocação. O Tottenham, quinto e com vaga garantida, até o momento, na Liga Europa, soma 60. O Everton, por sua vez, continua em situação delicada na tabela. Atualmente, ocupa o 16º lugar, com 27, dois a mais do que o Luton Town, o primeiro dentro da zona de rebaixamento.

O show de Palmer começou cedo. Logo aos 12 minutos, o meia deu uma caneta em Branthwaite, tabelou com Nicolas Jackson e chutou de fora da área para abrir o marcador. O gol só animou ainda mais o Chelsea, que ampliou aos 17. Mudryk cruzou da esquerda, Jackson pegou de primeira e Pickford salvou. Na sobra, o camisa 20 cabeceou para o fundo das redes.

O Chelsea não deixou o Everton respirar em um primeiro tempo impecável e marcou o terceiro aos 28. Pickford foi sair jogando e deu de presente para Palmer. O meia bateu por cobertura para fazer um golaço.

E não parou por aí. Antes do intervalo, aos 44, Cucurella avançou pela esquerda e cruzou. Jackson dominou com extrema categoria dentro da área e chutou de virada para fazer 4 a 0, sem deixar que o Everton esboçasse qualquer tipo de reação.

A exibição de gala de Palmer continuou no segundo tempo. O camisa 20 foi derrubado dentro da área, pênalti. Ele chegou a discutir com Madueke e o capitão Gallagher precisou interferir para deixar o jovem atleta de 21 anos bater. Aos 18, ele bateu com categoria para fazer mais um.

Antes do duelo acabar, Mauricio Pochettino tirou Palmer do jogo para ele ser ovacionado pelos torcedores. Quem também teve um dia marcante foi Gilchrist, que marcou o seu primeiro gol no profissional do Chelsea. Aos 44, ele finalizou sozinho dentro da área para selar a vitória por 6 a 0.

O brasileiro Deivid Washington também participou da “festa” ao entrar em campo aos 42 minutos do segundo tempo, na vaga de Nicolas Jackson, mas teve uma atuação muito discreta.

Publicidade