13 de setembro de 2021 Atualizado 14:31

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Motivado, Fernando Diniz diz estar no ‘gigante’ Vasco e não em time de Série B

Por Agência Estado

13 set 2021 às 14:19 • Última atualização 13 set 2021 às 14:24

O técnico Fernando Diniz foi apresentado oficialmente, nesta segunda-feira, como o novo técnico do Vasco. O ex-treinador do Santos revelou grande motivação por estar no comando do time de São Januário, apesar de o clube estar na Série B do Brasileiro.

“Não vim para um time de Série B, eu vim para o Vasco. O Vasco é um gigante. Dentro e fora de campo. Sempre se posicionou do lado certo da história. Tem muitas coisas no Vasco que me comovem. Estou muito feliz de estar aqui”, disse Diniz, em entrevista coletiva.

Diniz afirmou que a missão de recolocar o tradicional time na elite do futebol brasileiro foi um dos motivos pelos quais aceitou o convite. “Para mim certamente é motivo de empolgação. Me senti desafiado, e tenho prazer de estar no Vasco. Um time grande, gigante. O feeling, o que senti no coração foi de rapidamente acertar, e poder me apresentar e dar treinamentos. Tem o tamanho do Vasco, minha relação com o Vasco e o elenco que foi montado. Um elenco de bastante qualidade para todos juntos buscarmos o acesso.”

Sobre a mudança tática a que pretende realizar na equipe, o técnico pediu tempo para a adaptação dos atletas. “Esse trabalho é diário. Joguei futebol para aprender a ser técnico. Tenho foco grande no jogador, para que melhore como pessoa e como atleta. Sou muito feliz com os feedbacks que recebi. É a maneira que eu tenho de poder ajudar o clube e torcedor. Todos nós dependemos do que o jogador vai fazer. Se os jogadores conseguirem se motivarem e aplicarem o que sabem, a gente vai se dar bem. Eu vejo que o time tem potencial.”

Diniz apontou coragem, vontade, e solidariedade como fatores importantes a serem apresentados pelo elenco para que o trabalho de todos seja um sucesso. “Futebol é como a vida. É entrega total da minha vida, daquilo que eu sou. As coisas mais importantes são a coragem, a vontade e a solidariedade. Isso antecede o estilo de jogo. Para que aconteça precisa desses elementos. Que a coragem esteja presente, a vontade, e que a solidariedade estejam presentes.”

Publicidade