17 de junho de 2024 Atualizado 17:27

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Medina e Chumbinho se encaram nas quartas em Punta Roca; Dora avança e Italo cai na repescagem

Por Agência Estado

07 de junho de 2024, às 23h21

Após desencantar na etapa anterior do Circuito Mundial, com o título de Italo Ferreira em Teahupoo, no Taiti, o surfe brasileiro já tem um representante garantido nas semifinais no mar de Punta Roca, em El Salvador. Gabriel Medina e João Chianca ganharam suas baterias de oitavas de final – Chumbinho ainda passou pela repescagem – e vão se enfrentar nas quartas. Yago Dora também se garantiu.

Tricampeão do mundo e buscando desencantar na atual temporada, Medina realizou uma grande apresentação para superar o australiano Ryan Kallinan na segunda bateria das oitavas. Depois de sair com um 7,00 contra, o brasileiro logo virou com grande 8,50. Depois ampliou para 16,17 e apenas administrou a vantagem. O oponente ainda cravou um 8,00, para subir para 15,00, mas acabou caindo.

Em busca de ritmo para Paris-2024, chumbinho assustou ao ficar em último na primeira fase, com nota baixa e poucas manobras. Mas o brasileiro mostrou nesta sexta-feira que chegará bem na olimpíada com bons resultados.

Na repescagem, Chumbinho bateu o havaiano Barron Mamiya com 13,50 a 10,50. Superou um dos candidatos ao título e logo depois voltou a surpreender um dos melhores da temporada, desta vez graças a uma punição ao oponente.

Diante do americano Griff Colapinto, na primeira bateria das oitavas, Chumbinho tinha 14,50 contra 17,53 do segundo colocado no geral. Mas acabou atrapalhado quando vinha em manobra boa e o rival teve sua melhor nota reduzida pela metade. Consequentemente, acabou eliminado ao despencar para 13,48.

Último brasileiro a entrar na água, Yago Dora deu show diante de Jake Marshall. Com começo arrasador e duas manobras em alto nível, com notas 8,17 e 8,33, somou 16,50 para avançar às quartas, contra 10,93 do americano. O rival será o australiano Jack Robinson.

ITALO CAI NA REPESCAGEM
Italo Ferreira fez uma campanha para se esquecer em El Salvador. Depois de ganhar em Teahuppo, no Taiti, na etapa anterior, e entrar na zona de classificação para o Finals, ele corre risco de deixar o Top 5 após duas derrotas seguidas em Punta Roca.

Após a segunda colocação na primeira fase, superado por pouco por Gabriel Medina, o brasileiro era favorito na repescagem contra o local Bryan Perez. E liderava o confronto, mas acabou vendo o adversário encaixar uma linda manobra para 8,33 e acabou caindo de virada, com 15,33 a 12,40.

Publicidade