24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Matheus Cunha marca, mas Arsenal vence e abre 4 pontos do City na liderança do Inglês

Por Agência Estado

02 de dezembro de 2023, às 14h40 • Última atualização em 02 de dezembro de 2023, às 15h53

Ausente na última convocação da seleção brasileira, de Fernando Diniz, o atacante Matheus Cunha marcou, mas não impediu que o Arsenal vencesse o Wolverhampton por 2 a 1, neste sábado, no Emirates Stadium, pela 14ª rodada do Campeonato Inglês. Com isso, a equipe dos brasileiros Gabriel Magalhães, Martinelli e Jesus abriu quatro pontos do Manchester City na liderança do torneio.

Com dez vitórias em 14 jogos, o Arsenal chegou aos 33 pontos, contra 29 do Manchester City, que entra em campo neste domingo, às 13h30, para enfrentar o Tottenham, em casa. Já o Wolverhampton acabou ficando com 15 pontos.

O Arsenal foi arrasador no primeiro tempo e construiu a vitória em questão de minutos. Aos cinco, Gabriel Jesus fez grande jogada dentro da área e deixou a bola com Tomiyasu. Ele acionou Saka, que chutou cruzado para mandar no fundo das redes.

Aos 12, o Arsenal ampliou com Zinchenko. O camisa 8 tabelou com Gabriel Jesus e só teve o trabalho de empurrar para o gol. O terceiro quase saiu em um arremate de Gabriel Martinelli, que ficou na trave. Jesus também teve as suas chances, mas não conseguiu convertê-las em gol.

No segundo tempo, o domínio do Arsenal já não foi tão evidente, e o Wolverhampton acabou crescendo, graças à boa atuação de Matheus Cunha. O atacante, inclusive, foi responsável por recolocar o time visitante na partida. Aos 40 minutos, ele recebeu dentro da área e fez 2 a 1.

Nos minutos finais, o Wolverhampton esboçou uma pressão, mas parou na defesa do Arsenal, que assegurou mais três pontos importantes na luta pelo título do Campeonato Inglês.

Ainda neste sábado, o Brentford venceu o Luton Town por 3 a 1 e subiu para o décimo lugar, com 29 pontos, contra nove de seu adversário. Já o Burnley, em luta direta contra o rebaixamento, fez 5 a 0 no Sheffield United

Publicidade