Ygor Coelho vai à final no badminton e faz história nos Jogos Pan-Americanos


Estreante em Jogos Pan-Americanos, Ygor Coelho fez história nesta quinta-feira em Lima, no Peru. Pelas semifinais do inidividual masculino do badminton, o brasileiro derrotou de virada o canadense Jason Ho-Shue por 2 sets a 1 – com parciais de 20/22, 22/20 e 21/8 – e se tornou o primeiro atleta do Brasil a chegar à decisão da modalidade.

Com ao menos a medalha de prata garantida no Pan, Ygor Coelho buscará o ouro nesta sexta-feira. A final será contra outro representante do Canadá, Brian Yang, a partir das 16 horas (de Brasília).

Nesta quinta-feira, o Brasil já havia conquistado duas medalhas de bronze: na dupla masculina com os irmãos piauienses Francielton e Fabrício Farias, que foram derrotados na semifinal pelos também irmãos norte-americanos Phillip e Ryan Chew, e na dupla feminina com Fabiana Silva e Tamires Santos, batidas pelas canadenses Rachel Honderich e Kristen Tsai.

No tênis, o dia foi movimentado para os brasileiros. Destaque para Carolina Meligeni Alves, sobrinha de Fernando Meligeni, que ganhou duas vezes. Nas oitavas de final da chave de simples, bateu a argentina Victoria Bosio por 2 sets a 1 – com parciais de 6/1, 6/7 (6/8) e 6/4. Mais tarde, em duplas ao lado de Luisa Stefani, venceu as argentinas Catalina Pella e Nadia Podoroska com um duplo 6/2, garantindo-se na semifinal.

O mineiro João Menezes também se classificou na chave de simples, mas caiu nas duplas. Primeiro, ele superou o argentino Francisco Cerundolo por 2 sets a 1 – parciais de 2/6, 6/3 e 6/4 – e se garantiu nas quartas de final. Mais tarde, ao lado de Thiago Wild, caiu para os peruanos Sergio Galdos e Juan Pablo Varillas por 6/2 e 6/4, nas quartas.

Antes de ser eliminado na chave de duplas, Thiago Wild foi eliminado nas oitavas de final em simples. O paranaense perdeu para o argentino Guido Andreozzi, cabeça de chave 2, por 6/2 e 6/2.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora