Americana Weavers vence o Paulista de Flag

Weavers derrota o Devilz no Sampa Bowl e sente o gosto do título do Campeonato Paulista pela primeira vez


De forma invicta, o Americana Weavers levantou a taça do Campeonato Paulista de Flag, modalidade derivada do futebol americano, neste domingo. E, um dia depois, a equipe anunciou que vai tirar “Americana” do nome e migrar para Santa Bárbara d’Oeste na próxima temporada.

No Sampa Bowl, a decisão do torneio estadual, o Weavers recebeu o Brasil Devilz no campo do Unidos da Cordenonsi e venceu por 13 a 10.

A vitória fez a equipe americanense erguer o troféu de campeã paulista da modalidade pela primeira vez na história.

Foto: Divulgação
Elenco do Weavers reunido no gramado do campo do Unidos da Cordenonsi após a vitória no Sampa Bowl

“A gente se preparou, estudamos, fizemos o que viemos fazendo no campeonato todo, impomos o nosso ritmo de jogo. Nossa defesa fez uma partida impressionante novamente. Todas as jogadas defensivas funcionaram”, avalia o técnico e presidente do time, Rafael Camargo.

Para ele, a conquista deve contribuir para a manutenção da equipe, que completa cinco anos em fevereiro. “Não é fácil manter um time por tanto tempo sem uma conquista, ainda mais no amador”, afirma.

O Weavers teve 100% de aproveitamento na competição, com nove vitórias em nove jogos. Além do título, o time alcançou outros dois feitos inéditos: chegou à final da Conferência Caipira e, depois, garantiu vaga no Sampa Bowl.

Apesar de todo o progresso, a equipe não conta com um local para treinamento em Americana. Então, a partir de 2020, o time começará a treinar no campus de Santa Bárbara d’Oeste da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) e passará a se chamar Weavers Football.

“No final do ano, na reta final do campeonato, a gente não tinha um local. Acabamos conversando com a faculdade, surgiu o interesse. E, agora com o título, nós conseguimos fechar a parceria para ter um local do Weavers”, conta o dirigente.

Segundo ele, o time pretende disputar o Paulista de Flag novamente em 2020. Rafael também revelou que a equipe planeja entrar em competições com equipamento. Mas, para isso, há a necessidade de apoio financeiro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora