17 de abril de 2024 Atualizado 19:18

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Kajuru promete CPI para investigar manipulação de resultados para abril e cita Textor

Por Agência Estado

03 de abril de 2024, às 09h43

Em meio às polêmicas declarações de John Textor nos últimos dias, o senador Jorge Kajuru (PSD-GO) anunciou nesta terça-feira que a CPI da Manipulação dos Jogos de Futebol deve ser instalada neste mês no Senado. Kajuru afirmou que o dono da SAF do Botafogo será um dos primeiros a ser ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito.

O senador adiantou que ele mesmo deve ser o presidente da CPI, enquanto o senador Romário, presidente da Comissão do Esporte no Senado, seria o relator. “Já temos, inclusive, as primeiras convocações de dirigentes, jogadores e árbitros envolvidos e também de corruptores. Vai ser uma convocação educada primeiramente, um convite. Se não aceitar, a gente convoca. E dá mais uma chance para a pessoa. Se ela não aceita, aí é Polícia Federal. É (condução) coercitiva”, declarou Kajuru à rádio Senado.

O senador disse que Textor será um dos primeiros convocados. “John Textor falou que tem a gravação de um árbitro cobrando a propina que lhe foi prometida. Só que ele não quer apresentar o áudio. Ele foi convocado pelo STJD e vai tomar uma suspensão de no mínimo 120 dias, onde ele vai ter que sair do Brasil, não poderá assinar mais nada pelo Botafogo, nem comparecer aos estádios, se não apresentar o que ele tem. Ele falou que vai apresentar ao MP. Vai quando, cara pálida? Tem duas semanas isso já. Ele vai ser também convocado a se explicar e, tomara Deus, ele deu uma pista para nós, que quer apresentar, antes do MP, esse áudio para nós na Comissão. Isso seria ouro”, declarou Kajuru.

De acordo com os relatórios preliminares do Senado, 109 partidas de futebol disputadas em 2023 nas quatro divisões nacionais estão sob suspeita de manipulação para favorecer apostadores, segundo relatório do SportRadar.

Nas últimas horas, Textor fez declarações polêmicas sobre suposta manipulação de resultados no futebol brasileiro tanto numa live no YouTube quanto em um texto publicado em seu site. O dono da SAF do Botafogo disse que dois jogos do Palmeiras foram manipulados: as vitórias sobre o São Paulo (5 a 0) e Fortaleza (4 a 0), ambas pelo Brasileirão do ano passado.

Textor disse ter enviado documentos e relatórios para análise da CBF e do STJD, mas não apresenta nenhuma prova. O americano afirmou que o Palmeiras foi beneficiado pela manipulação de resultados nos últimos dois anos, quando se sagrou bicampeão brasileiro.

Em comunicados divulgados nas últimas horas, tanto o São Paulo quanto o Fortaleza repudiaram as acusações e afirmaram que analisam medidas judiciais contra o dirigente americano.

Publicidade