17 de junho de 2024 Atualizado 14:58

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Holanda fecha série de amistosos diante da Islândia com nova goleada e chega à Euro empolgada

Por Agência Estado

10 de junho de 2024, às 19h31

Sempre correndo por fora, desta vez a seleção holandesa chega à Eurocopa entre as favoritas nas bolsas de apostas. E a seleção de Ronald Koeman desembarcará na Alemanha empolgada após fechar seus dois amistosos com mais um grande triunfo. Depois de golear o Canadá por 4 a 0, repetiu a dose diante da Islândia nesta segunda-feira.

Os resultados são amplos e significativos. A Islândia vinha de vitória sobre a Inglaterra, por 1 a 0, no lendário estádio de Wembley, enquanto o Canadá conseguiu segurar o 0 a 0 com a França neste domingo, em Bordeaux.

Atuando no Feyenoord Stadium, em Roterdã, os donos da casa necessitaram de somente 23 minutos para abrir o marcador, com o talentoso garoto Xavi Simons, de apenas 21 anos e nos planos do Bayern de Munique. Primeiro gol pela seleção do jogador do RB Leipzig.

Logo no começo da segunda etapa, o zagueiro Van Dijk ampliou, de cabeça, sua especialidade. Já na reta final do amistoso, mais dois gols. Malen anotou o terceiro aos 34 e, nos acréscimos, em contragolpe, cruzou para Weghorst transformar a vitória em goleada. Depay ainda teve um gol anulado pelo VAR.

A estreia da Holanda na Eurocopa acontece no domingo, diante da Polônia, no Volksparkstadion, em Hamburgo, pelo forte Grupo D que ainda conta com as seleções da França e da Áustria. Os poloneses também entraram em ação nesta segunda e sofreram para superar a Turquia, por 2 a 1, no Estádio Nacional de Varsóvia.

Swiderski abriu o marcador aos 12 minutos, mas os poloneses acabaram cedendo a igualdade aos 32 da fase final, com Yilmaz. No último minuto do tempo regulamentar, Zalewski recebeu o lançamento longo da defesa, cortou o defensor já no domínio, arrancou e bateu colocado para garantir a festa. Foi aplaudido de pé pelo belo gol da vitória.

No outro amistoso do dia, a República Checa precisou de dois pênaltis no segundo tempo para superar a Macedônia do Norte. Schick, em cobrança precisa, fez 1 a 0, aos 15. Os rivais empataram com Alimi, cinco minutos mais tarde. Aos 54, em nova penalidade, Barák definiu o triunfo por 2 a 1.

Publicidade