17 de abril de 2024 Atualizado 19:18

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Goleiro que brigou com torcedores racistas é suspenso por dois jogos na Espanha

Por Agência Estado

03 de abril de 2024, às 22h44

O goleiro senegalês Cheikh Sarr, do Rayo Majadahonda, da terceira divisão do Campeonato Espanhol, levou uma punição de duas partidas nesta quarta-feira, na Espanha, por ter brigado com torcedores rivais no final de semana.

A reação do goleiro aconteceu após provocações racistas vindas das arquibancadas no jogo com o Sestao River, na casa do adversário. Por causa do tumulto, o jogador africano recebeu cartão vermelho. Revoltados, os companheiros de time deixaram o campo em solidariedade.

A justiça esportiva da Espanha resolveu agir com rigor na questão e suspendeu o goleiro por dois jogos sob a justificativa de “pequena infração antidesportiva”.

O clube também vai ter que mexer no bolso pelo incidente. A justiça estabeleceu uma multa de três mil euros (pouco mais de R$ 16 mil). Além disso, o tribunal definiu que o resultado da partida terminou com o placar de 3 a 0 em favor do Sestao, pelo fato de o Rayo Majadahonda ter abandonado o campo.

A justiça também impôs uma punição ao mandante na partida. O clube vai ter de receber seus próximos dois compromissos com os portões fechados por causa do incidente.

Publicidade