Vasco empata com o Volta Redonda e segue sem vencer na Taça Rio


O Vasco segue sem vencer na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Neste domingo, empatou sem gols com o Volta Redonda, no estádio Raulino Oliveira, pela segunda rodada.

Os vascaínos, que vinha de igualdade por 1 a 1 com o Volta Redonda, somam apenas dois pontos no Grupo B, enquanto Volta Redonda tem quatro, pois venceu por 1 a 0 o Macaé.

Embora tenha utilizado o esquema 4-5-1, com apenas um atacante, o artilheiro João Carlos, com seis gols, o Volta Redonda mostrou mais agressividade no primeiro tempo. Manteve a posse de bola no campo defensivo vascaíno e criou as melhores chances.

Aos 24 minutos, João Carlos recebeu na frente da área e soltou a bomba. Fernando Miguel ficou estático na pequena área, olhou para trás e viu a bola explodir no travessão. Na volta, ela quicou e saiu. No minuto seguinte, Oliveira desceu pelo lado direito e fez o levantamento para o outro lado. Bernardo pegou de primeira e a bola bateu no pé da trave direita e saiu.

O Vasco, armado no esquema 4-3-3, errava muitos passes no meio-campo, inclusive, tendo vacilado em duas saídas de bolas que deram chances para o Volta Redonda pressionar. O time só ameaçava em contra-ataques e só chegou na frente com perigo aos 41 minutos em um chute de Yako Pikachu que iria no ângulo, mas foi espalmado pelo goleiro Douglas Bordes.

Na volta para o segundo tempo, Abel Braga trocou Marcos Júnior por Juninho e pediu mais capricho nos passes, além de mais movimentação dos atacantes. A grande chance apareceu aos 15 minutos, quando Marrony foi lançado nas costas da defesa, invadiu a área e tentou o drible em cima de Douglas Borges que deu um tapinha na bola. A sobra ainda ficou para o chute de Vinícius em direção ao gol, mas o zagueiro Daniel apareceu para dar um chutão e aliviar.

O Volta Redonda percebeu a melhora de produção do Vasco e passou a valorizar a posse de bola. Aos poucos, se acomodou também pelo empate. A última chance aconteceu com German Cano, que bateu de fora da área e exigiu que Douglas Borges espalmasse para escanteio aos 46 minutos. O jogo terminou, de novo, com vaias dos vascaínos presentes ao estádio.

Pela terceira rodada, o Vasco vai enfrentar o Fluminense, no sábado, às 16h30, no Maracanã. Antes disso, receberá o Goiás pela terceira fase da Copa do Brasil, quinta-feira, às 21h30 em São Januário. O Volta Redonda vai enfrentar o Madureira, fora de casa, no sábado às 16h30.

FICHA TÉCNICA
VOLTA REDONDA 0 X 0 VASCO

VOLTA REDONDA – Douglas Borges; Oliveira, Heitor,Daniel e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo (Saulo Mineiro e Douglas Lima), Wallison (Willian Mineiro), Pedrinho e Bernardo; João Carlos. Técnico: Luizinho Vieira.

VASCO – Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Raul (Tiago Reis) e Marcos Júnior (Juninho); Marrony, German Cano e Vinícius (Ribamar). Técnico: Abel Braga.

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

CARTÕES AMARELOS – João Carlos (Volta Redonda) e Andrey (Vasco).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora