Ranking da CBF confirma Guarani fora da Copa do Brasil pela 5ª vez em seis anos


A Copa do Brasil ficará na saudade do Guarani em 2020 após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgar o Ranking Nacional de Clubes. De acordo com a publicação, o time de Campinas subiu duas posições em um ano, mas não o suficiente para garantir vaga no pelotão de classificação: ocupa o 42.º lugar, com 3.477 pontos.

Via ranking, 10 clubes carimbaram passaporte ao mata-mata mais rentável do país: Botafogo (14.º), Vitória (17.º), Paraná (26.º), Figueirense (27.º), Paysandu (28.º), Juventude (29.º), Santa Cruz (34.º), Criciúma (36.º), Oeste (38.º) e Brasil de Pelotas (39.º).

Em números práticos, time de Campinas teve 367 pontos de desvantagem em relação ao Brasil de Pelotas, último classificado por este mecanismo.

A participação na Série B de 2020 e bom desempenho no Campeonato Paulista podem ajudar o Guarani a disputar a Copa do Brasil em 2021, haja vista o ranking considerar as cinco últimas temporadas – neste caso, a conta ainda inclui as participações na Série C de 2015 e 2016, o que impacta em menor pontuação.

Em termos financeiros, a ausência impossibilita lucro de cerca de R$ 550 mil apenas por jogar a 1ª fase – se avançasse em jogo único, o valor ultrapassaria R$ 1,2 milhão.

Na atual temporada, o Guarani, ainda sob o comando do técnico Osmar Loss foi eliminado pelo modesto Avenida, por 1 a 0, em Santa Cruz do Sul (RS), logo na primeira partida – o orçamento de 2019 previa arrecadação superior a R$ 1 milhão no torneio, mas o clube paulista embolsou menos da metade.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora