Egito perde para a África do Sul e é eliminado da Copa Africana de Nações


Maior campeão da Copa Africana de Nações, com sete títulos, anfitrião do torneio e tido como um dos favoritos ao título, o Egito foi surpreendido pela África do Sul neste sábado. A seleção liderada pelo atacante Mohamed Salah perdeu por 1 a 0 no Estádio Internacional do Cairo e foi eliminada nas oitavas de final da competição.

Os sul-africanos venceram a partida com um gol do atacante Lorch, anotado no final do segundo tempo. O duelo foi movimentado e poderia ter tido um final favorável à seleção da casa, caso Trezeguet tivesse aproveitado as duas chances que teve para marcar depois de receber duas assistências de Salah.

O atacante do Liverpool, da Inglaterra, lutou muito e fez um bom jogo. Arriscou de fora da área, deu passes, bateu falta perigosa, ajudou na marcação e foi o motor da equipe egípcia. No entanto, seus companheiros estavam em outra sintonia e não o ajudaram.

Melhor para a África do Sul, que se fechou na defesa e marcou em contra-ataque rápido bem armado que terminou com a conclusão certeira de Lorch, atacante do Orlando Pirates, do seu país, para derrubar os atuais vice-campeões e que esperavam ir mais longe na competição.

NIGÉRIA TAMBÉM AVANÇA – O adversário da África do Sul nas quartas de finais será a Nigéria. Em duelo emocionante e repleto de alternativas em Alexandria, os nigerianos derrotaram Camarões, atual campeão da Copa Africana de Nações, por 3 a 2, e avançaram à próxima fase.

O grande destaque da partida foi o atacante Ighalo, que passou pelo Watford, da Inglaterra, e hoje atua no Shanghai Shenhua, da China. Ele balançou as redes duas vezes e foi o autor da assistência para Iwobi, meia do Arsenal, definir o triunfo em favor do time nigeriano.

Treinada pelo holandês Clarence Seedorf, a seleção camaronesa ficou perto de se classificar. Depois de sairr perdendo por 1 a 0, os camaronenses viraram o jogo com dois gols em três minutos no final do primeiro tempo. Aos 41, Bahoken empatou, completando cruzamento de Bassogog, e Clinton Njie fez o segundo aos 44. No entanto, os nigerianos retomaram o controle do jogo e chegaram ao triunfo liderados por Ighalo.

África do Sul e Nigéria se enfrentam na fase seguinte na próxima quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), no Cairo. Na outro duelo das quartas de final já definido, Benin encara Senegal também na quarta, mas às 13 horas. Ainda há outros quatro jogos – dois no domingo e outros dois na segunda-feira – dos quais sairão as demais seleções classificadas ao próximo estágio.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora