De volta, Edson Vieira declara amor ao União

Treinador foi anunciado e apresentado pela diretoria nesta sexta, dez anos após passagem pelo clube


Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal.JPG
Desta vez, em sua segunda passagem pelo União, Edson vai dirigir o time no Paulista Sub-23 Segunda Divisão de 2020

Após dez anos, Edson Vieira está de volta ao União Barbarense. O treinador foi anunciado e apresentado pela diretoria nesta sexta-feira, na sede social do clube. Em entrevista coletiva, ele fez juras de amor ao Alvinegro.

“Estou muito feliz por estar aqui, porque tenho amor pelo clube”, disse o profissional, que havia trabalhado no Leão da 13 entre 2008 e 2009. No primeiro ano, a equipe conquistou o acesso para o Campeonato Paulista da Série A2.

Desta vez, em sua segunda passagem pelo União, Edson vai dirigir o time no Paulista Sub-23 Segunda Divisão de 2020. O torneio, equivalente à quarta divisão estadual, deve começar em abril.

“É uma divisão muito difícil. Vai ser, para mim, talvez o maior desafio da minha carreira”, afirmou. Nesta temporada, ele comandou o Comercial na Série A3 e o Rio Claro na Copa Paulista.

No União, primeiro de tudo, Edson vai focar na busca por reforços. O técnico prometeu observar jogadores, principalmente, na Copa São Paulo de Futebol Júnior e na Série A3. Segundo o diretor de futebol Clayton Vieira, o clube evitará contratar atletas por empréstimo.

“A gente prefere trabalhar e andar com as próprias pernas, procurar em nível de Brasil todos, captar os melhores atletas possíveis para que possam estar vinculados ao União”, justificou.

O dirigente adiantou que o atacante Danilo, atualmente no Rio Claro, deve compor o elenco em 2020. O jogador tem um histórico nas categorias de base do União, pelo qual conseguiu se destacar na última Copa São Paulo.

Ainda nesta sexta, a diretoria apresentou o preparador físico André Zaros, que estava no Bragantino até o primeiro semestre deste ano e venceu a Copa do Brasil de 2005 pelo Paulista de Jundiaí.

COPA SP. O Estádio Antonio Guimarães, que pertence ao União, pode ser sede do Grupo 7 da Copa São Paulo, formado por Capivariano, Internacional-RS, Confiança-PB e Linense.

Os jogos da chave seriam realizados em Capivari, mas, em razão de problemas estruturais no estádio local, podem migrar para Santa Bárbara.

A definição depende da regularização dos laudos do Antonio Guimarães – nesta sexta, a FPF (Federação Paulista de Futebol) recebeu o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) renovado. As informações foram divulgadas pelo clube barbarense.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora