David Braz espera Paulo Miranda como colega de zaga no Grêmio em final de turno


O Grêmio terá neste sábado a decisão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho contra o Caxias, no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). Para conseguir a vitória e o título, que já garantirá uma vaga na final do Estadual, o zagueiro David Braz espera pela mesma escalação e esquema que deram certo no sábado passado contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na semifinal. Inclusive com Paulo Miranda ao seu lado na zaga.

“Se colocar a mim e ao Paulo (Miranda), vamos tentar repetir o que fizemos contra o Internacional. É um desejo nosso de entrar na história do clube também”, afirmou David Braz, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho, antes da viagem a Caxias do Sul, destacando a vontade de ganhar o primeiro título pelo Grêmio.

Uma das responsabilidades do zagueiro, que já foi campeão por Santos e Flamengo, nesta final de turno será de substituir o argentino Kannemann, em recuperação de cirurgia no pé esquerdo até o fim de março. Pedro Geromel, apesar de estar à disposição, deve ficar no banco de reservas por não ter ritmo de jogo.

Para o zagueiro, o confronto que abriu a temporada, justamente contra o Caxias, deixou lições. A derrota por 2 a 0, em plena Arena do Grêmio, evidenciou alguns ajustes para evitar contra-ataques adversários, fato já corrigido pela comissão técnica.

O anúncio da escalação do Grêmio só será feito pelo técnico Renato Gaúcho momentos antes do jogo. Porém, a tendência é que o time seja formado por: Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda (Pedro Geromel), David Braz e Cortez; Lucas Silva; Matheus Henrique, Maicon, Alisson e Everton; Diego Souza.

Caso o tripé de volantes seja mantido, Lucas Silva, Maicon e Matheus Henrique formarão o trio em frente à zaga. Caso Renato Gaúcho opte por desfazer a estratégia, Thiago Neves e Luciano surgem como candidatos a ocupar o lugar de Lucas Silva no time titular.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora