14 de junho de 2024 Atualizado 14:36

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Futebol inglês aposta no ataque para encerrar jejum de mais de 60 anos

Por Agência Estado

08 de junho de 2024, às 14h34

A Inglaterra aposta em um ataque poderoso, com quatro dos mais prolíficos jogadores do setor da Europa, para encerrar um jejum de mais de 60 anos. A forma como o técnico Gareth Southgate vai utilizar seu arsenal pode determinar o sucesso ou fracasso na Euro-2024.

A Inglaterra voltará a contar com seu maior artilheiro, Harry Kane, e terá Jude Bellingham, Phil Foden e Cole Palmer. “Definitivamente, há mais opções para o ataque”, disse Southgate, que levou a equipe à semifinal da Copa do Mundo de 2018 e à decisão da o última Euro – perdendo nos pênaltis para a Itália em Wembley.

“Temos um estilo de jogo bem definido, os jogadores gostam e temos tido bons resultados fazendo isso. Portanto, não nos afastaremos muito disso”, afirmou o treinador.

Naquele que pode ser seu último torneio como técnico da Inglaterra, Southgate reforçou seu elenco com opções de ataque ousadas. Kane terminou sua primeira temporada no Bayern de Munique sem títulos, mas com um recorde pessoal de 44 gols em 47 jogos.

Bellingham, em sua temporada de estreia no Real Madrid, marcou 23 gols, venceu o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões. Foden marcou 27 gols em todas as competições pelo Manchester City e foi eleito o melhor jogador do ano na Inglaterra.

Possivelmente, a maior vantagem para Southgate foi o surgimento de Palmer, um pequeno jogador no City antes de transferir para o Chelsea por US$ 51 milhões. Aos 22 anos, Palmer marcou 27 gols em sua primeira temporada completa no Campeonato Inglês e foi superado apenas por Erling Haaland, artilheiro do City.

Southgate conta ainda com Bukayo Saka, atacante de 22 anos do Arsenal. “Você precisa de opções que possam entrar e mudar a equipe”, afirmou Southgate. Com tantas opções, o técnico poderia deixar de fora Rashford e Sterling, que foram jogadores importantes em torneios anteriores.

A imprensa inglesa diz que Southgate pode escalar Foden e Palmer pelos lados com Kane centralizado, e Bellingham atuando como o número 10. O temor é que o time fique muito exposto.

A Inglaterra estreia na Euro no dia 16 contra a Sérvia. Eslovênia e Dinamarca completam o Grupo C da competição.

Publicidade