18 de junho de 2024 Atualizado 18:20

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Fluminense vira sobre o Alianza Lima e mantém invencibilidade na Libertadores

Por Agência Estado

30 de maio de 2024, às 10h25

Após ficar duas vezes atrás do placar, o Fluminense conquistou a virada por 3 a 2 para cima do Alianza Lima-PER, nesta quarta-feira, pela sexta e última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. A vitória no Maracanã manteve a invencibilidade do atual campeão na competição continental.

Com uma campanha de três vitórias e três empates, o Fluminense terminou na liderança do Grupo 1, com 12 pontos, e aguarda o sorteio para saber o seu adversário das oitavas de final. O Alianza Lima se despede na lanterna, com quatro pontos, fora até dos playoffs da Copa Sul-Americana.

O duelo mal começou e o Alianza Lima surpreendeu ao abrir o placar, com seis minutos. Após cobrança de escanteio, Arregui subiu com liberdade para cabecear, nas costas de Marcelo, e vencer o goleiro Fábio, que ainda tocou na bola.

Depois do gol, o Fluminense encontrou dificuldades para encontrar espaço e penetrar na defesa peruana. Pouco inspirado, o tradicional toque de bola do time de Fernando Diniz pouco funcionou, ficando reservado entre as linhas de defesa e meio de campo. A grande chance saiu somente em uma cabeçada de Keno, que explodiu no travessão. Após o fim do primeiro tempo, o time carioca deixou o campo sob vaias.

A segunda etapa começou frenética, o Fluminense voltou com outra postura e com um minuto, Keno deixou tudo igual. Marquinhos pegou a sobra na área e encheu o pé, o goleiro espalmou e o atacante cabeceou para as redes. Porém, logo em seguida, aos quatro, Serna pegou o rebote e voltou a colocar o time peruano na frente. A reação foi imediata. Marcelo tabelou com John Kennedy e Cano e acertou belo chute da entrada da área para empatar, aos seis.

Após o início fulminante, a partida foi caindo de produção, mas ainda com o domínio do time brasileiro, que tinha maior posse de bola. Buscando o melhor espaço, Arias achou belo passe para John Kennedy, que finalizou cruzado para virar o placar, aos 35. Com a vantagem, o Fluminense colocou em prática sua principal característica, trocando passes e sendo ofensivo, porém sem aumentar o marcador.

O Fluminense volta a campo no sábado, às 18h30, contra o Juventude, no Maracanã, no retorno do Campeonato Brasileiro, pela sétima rodada.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 X 2 ALIANZA LIMA-PER

FLUMINENSE – Fábio; Guga (Marquinhos), Martinelli, Felipe Melo (Marlon) e Marcelo; Alexsander (Ganso), Lima e Arias; John Kennedy, Cano (Renato Augusto) e Keno (Douglas Costas). Técnico: Fernando Diniz.

ALIANZA LIMA – Saravia; Garcés, Zambrano e Freytes; Zanelatto, Arregui (Guzmán), Jesús Castillo (Aldair Fuentes) e Lagos (De Santis); Waterman (Barcos) e Serna. Técnico: Alejandro Restrepo.

GOLS – Arregui, aos seis minutos do primeiro tempo. Keno, com um minuto, Serna, aos quatro, Marcelo aos seis, e John Kennedy, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Felipe Melo, Ganso, Marcelo e Martinelli (Fluminense); Arregui (Alianza Lima).

ÁRBITRO – Esteban Ostojich (URU).

RENDA -R$ 1.366.136,00

PÚBLICO – 38.404 torcedores.

LOCAL – Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Publicidade