12 de agosto de 2020 Atualizado 21:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Tênis

Exibição para ajudar vítimas de incêndio na Austrália terá Federer e Nadal

Por Agência Estado

08 jan 2020 às 09:14 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:04

A organização do Aberto da Austrália confirmou nesta quarta-feira que Roger Federer, Rafael Nadal e Serena Williams estarão juntos em exibição para arrecadar fundos para ajudar as vítimas dos incêndios no país da Oceania. Os jogos serão disputados na próxima quarta, dia 15, a cinco dias do início do primeiro Grand Slam da temporada.

O suíço, o espanhol e a norte-americana, todos já considerados lendas do tênis, terão a companhia da japonesa Naomi Osaka, da dinamarquesa Caroline Wozniacki, do grego Stefanos Tsitsipas e do local Nick Kyrgios, um dos responsáveis pela iniciativa. Na semana passada, o tenista da casa havia sugerido a disputa da exibição para juntar fundos.

Chamado de “AO Rally for Relief”, o evento terá ingressos que vão custar até 54 dólares australianos (cerca de R$ 151). A exibição terá duração de duas horas e meia e contará com diversas partidas – a programação ainda não foi divulgada – na Rod Laver Arena, a quadra central do Aberto da Austrália.

“Esta crise de incêndios, sem precedentes, está devastando as pessoas, suas propriedades, comunidades, a pecuária da região e todos os animais pelo país. E nosso coração está com todos os prejudicados pelo fogo”, declarou Craig Tiley, CEO da Federação Australiana de Tênis e diretor do Aberto da Austrália.

Nos últimos dias, diversos tenistas anunciaram que fariam doações às entidades que estão combatendo o fogo e ajudando as vítimas. O primeiro foi o próprio Kyrgios, que prometeu 200 dólares australianos a cada ace que anotara na ATP Cup, nova competição do calendário que está sendo disputado em três cidades australianas desde o dia 3.

Outros atletas seguiram o mesmo caminho e prometeram doações diretas ou também a cada ace. A ATP, por sua vez, anunciou que vai doar 100 dólares australianos para a Cruz Vermelha Australiana a cada ace registrado na ATP Cup. Somente no primeiro dia foram levantados 21.600 dólares australianos.

Kyrgios também sugeriu a disputa de uma exibição em Melbourne, no complexo do Aberto da Austrália. A ideia inicialmente não ganhou eco entre os tenistas, mas acabou sendo acolhida pela federação australiana, que pretende confirmar mais nomes nos próximos dias para o evento da próxima quarta.

“Sentimos que era vital usar todos os nossos eventos ao longo deste verão para fazer uma contribuição significativa para ajudar estas pessoas e suas comunidades a reconstruir suas vidas”, disse Craig Tiley.