17 de maio de 2024 Atualizado 21:19

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Ex-Barcelona é acusado de mandar irmão gêmeo para jogar em seu lugar em clube da Romênia

Por Agência Estado

13 de maio de 2024, às 10h48 • Última atualização em 13 de maio de 2024, às 11h04

O futebol da Romênia vive polêmica nos últimos dias. O volante Edgar, que já vestiu a camisa do Barcelona, foi contratado pelo Dinamo Bucareste em fevereiro, mas o clube acredita que quem está jogando pelo time é o irmão gêmeo de Edgar, que se chama Edelino.

As suspeitas da direção do clube romeno começaram por causa da comunicação com o atleta. Além da Espanha, Edgar já atuou em times da França, Holanda e Turquia, porém, só falava português no Dinamo Bucareste. O ex-presidente da equipe, Florin Prunea, disse que descobriu depois que o volante tinha um irmão gêmeo que também jogava futebol e começou a investigar o caso.

“Parece surreal. Comecei a fazer ligações, conversar com amigos, e a notícia é verdadeira. Não posso acreditar. Ninguém negou”, afirmou Florin Prunea segundo o jornal espanhol “Marca”. De acordo com o jornalista Emanuel Rosu, o Dinamo pediu para Edgar mostrar sua carteira de motorista para provar a identidade, mas o jogador teria se recusado.

O Dinamo Bucareste luta contra o rebaixamento na Romênia e contou com o atleta em cinco jogos. Caso seja provado que Edgar colocou o irmão gêmeo para jogar em seu lugar, o time corre o risco de perder os pontos conquistados nas partidas que teriam tido Edelino em campo.

De acordo com o Marca, uma fonte explicou ao iAMSPORT que, caso seja confirmado que Edelino jogou no lugar do irmão, “pode haver sanções”. Além disso, ainda segundo as informações da fonte, um teste de DNA pode ser a chave para a definição da polêmica. “Acho que, se o resultado de DNA confirmar que é o irmão gêmeo, o clube deveria pensar em uma defesa, visto que não sabiam disso”, analisou.

Edgar nasceu na Guiné-Bissau, mas atuou em categorias de base da seleção de Portugal. Passou pelo Sporting e, depois, assinou com o Barcelona. A estreia na equipe principal do time catalão ocorreu em dezembro de 2014, sob o comando do técnico Luis Enrique. O jogador deixou o clube em 2015. Antes de assinar com o Dinamo Bucareste, o volante passou também por times como Lille, Nantes, Feyenoord e Basaksehir.

O irmão gêmeo Edelino também passou pelo Sporting e fez a maior parte da carreira em Portugal. O último clube registrado no currículo do atleta é o GZS Tluchowia Tluchowo, da Polônia. Antes, atuou pelo português GD Resende.

Publicidade