11 de agosto de 2020 Atualizado 09:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Paulistão

Corinthians empata contra o Ituano e se complica

Com o empate em 1 a 1 neste domingo, a equipe do técnico Tiago Nunes chega ao sexto jogo sem vencer

Por Agência Estado

15 mar 2020 às 18:11 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:00

O Corinthians apenas empatou contra o Ituano por 1 a 1, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 10.ª rodada do Campeonato Paulista, e complicou a sua situação em busca da classificação às quartas de final. O jogo foi realizado sem a presença do público, como prevenção à pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19.

Os dois gols da partida saíram no primeiro tempo. O lateral-esqeurdo Breno Lopes abriu o placar para o Ituano, se aproveitando de uma falha do goleiro Cássio. O atacante Luan empatou para o Corinthians já nos acréscimos.

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Corinthians e Ituano ficaram no empate em 1 a 1 neste domingo, em jogo sem torcida

O time comandado pelo técnico Tiago Nunes chega ao sexto jogo sem vencer (quatro empates e duas vitórias). A última vitória foi no clássico contra o Santos, no dia 2 de fevereiro. A igualdade deste domingo o levou aos 11 pontos, na terceira colocação do Grupo D. Com 17, o Bragantino lidera a chave e se classificou por não ser mais alcançado no número de vitórias (5 a 2).

O segundo colocado do grupo é o Guarani, que soma 13 pontos e faz o clássico de Campinas (SP) contra a Ponte Preta, nesta segunda-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. Se vencer, a diferença de pontos para o Corinthians chegará a cinco, restando apenas duas rodadas para o final da fase de classificação.

Na 11.ª rodada, o Corinthians recebe o rival Palmeiras, no próximo domingo, às 16 horas, novamente na Arena Corinthians, até segunda ordem em jogo com portões fechados. No dia seguinte, o Ituano encara a Ferroviária, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP). O time rubro-negro chegou aos 10 pontos, na lanterna do Grupo C, que agora tem o líder São Paulo já classificado às quartas de final.

Com a bola rolando e as arquibancadas vazias, o sistema de som da Arena Corinthians foi ligado e reproduziu os cantos da torcida, simulando o apoio dos torcedores. Em campo, os atletas sentiram a ausência deles e não responderam. Apático e previsível, o time não fez um bom primeiro tempo. Começou o jogo dominado pelo time de Itu, que abriu o placar aos 14 minutos. Breno Lopes cruzou da esquerda, Cássio falhou no lance e a bola encobriu o goleiro corintiano.

O gol mudou a estratégia do Ituano, que recuou e passou a jogar com todos os jogadores no campo de defesa, manter a posse de bola e sair rapidamente nos contra-ataques. A equipe do técnico Tiago Nunes sentiu e até mesmo o sistema de som silenciou. Ansiosa com a desvantagem, encontrou dificuldades para penetrar na defesa rival. Pelo meio, não conseguiu. Pelas laterais, Fagner e Carlos Augusto bem que tentaram, mas sem êxito.

Sem forças para superar a retranca do Ituano, a opção foi arriscar os lançamentos de longa distância e, em um deles, o Corinthians quase chegou ao empate aos 27 minutos, depois que Gil lançou e Boselli acertou o travessão.

Na parte final da etapa, o Corinthians melhorou e passou a pressionar o Ituano, obrigando o goleiro Edson a fazer duas boas defesas nos chutes de Cantillo e Yony González, aos 36 e aos 37. Já nos acréscimos, chegou ao empate, mesmo sem apresentar um futebol convincente. Aos 46, na única jogada pelo meio em que teve sucesso, Everaldo lançou Luan, que tocou com categoria na saída do arqueiro.

No segundo tempo, o jogo caiu de produção e escancarou a deficiência ofensiva do Corinthians, que, mesmo com a posse de bola, não teve criatividade ou volume de jogo para superar a retranca do Ituano. O time do interior quase chegou ao segundo gol aos 26 minutos, mas Cássio fez boa defesa após um chute de Pacheco de fora da área.

Sem penetração, o Corinthians abusou dos cruzamentos à área com Fagner tentando explorar o fundamento com Boselli. Mesmo com a posse de bola superior e a maioria do tempo no campo de ataque, não assustou, não levou perigo ao gol de Edson e faz as contas nas próximas duas rodadas para não sofrer uma eliminação precoce também no Paulistão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 1 ITUANO

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Gil, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Camacho, Cantillo (Araos) e Luan; Boselli (Vagner Love), Yony González e Everaldo (Janderson). Técnico: Thiago Nunes.

ITUANO – Edson; Pacheco, Suéliton, Léo Rigo e Breno Lopes; Baralhas, Marcos Serrato e Paulinho Dias; Yago (Luizinho), Gabriel Taliari (Luiz Paulo) e Minho (Léo Duarte). Técnico: Vinícius Bergantin.

GOLS – Breno Lopes, aos 14, e Luan, aos 46 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Camacho (Corinthians); Pacheco, Léo Duarte, Paulinho e Breno Lopes (Ituano).

ÁRBITRO – Flávio Rodrigues de Souza (Fifa).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Arena Corinthians, em São Paulo (SP).