05 de março de 2021 Atualizado 22:32

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Contra a Tunísia, Brasil empata pela segunda vez no Mundial Masculino de Handebol

Por Agência Estado

17 jan 2021 às 16:16 • Última atualização 17 jan 2021 às 16:30

A seleção brasileira masculina de handebol voltou a empatar no Mundial, que está sendo realizado no Egito. Neste domingo, ficou no 32 a 32 com a Tunísia, graças a uma reação no final do duelo, válido pela segunda rodada do Grupo B. A equipe nacional foi ao intervalo perdendo por 20 a 16.

O Brasil, assim, soma 2 pontos em 2 duelos disputados, pois na estreia havia empatado com a Espanha por 29 a 29, na última sexta. E encerra a sua participação na fase de grupos na terça-feira, em duelo com a Polônia, agendado para as 16h30 (horário de Brasília). Os três melhores da chave avançam à segunda fase.

A equipe nacional disputa o Mundial desfalcada por três casos de coronavírus no elenco, com o capitão Thiagus Petrus, o goleiro Ferrugem e o ponteiro Felipe Borges. Além disso, não pode ser dirigida pelo técnico Marcus “Tatá” Oliveira, que também foi diagnosticado com a doença, assim como quatro membros da sua comissão. Com isso, a equipe tem sido comandada pelos auxiliares Giancarlos Ramirez e Leonardo Bortolini.

O duelo deste domingo teve equilíbrio no primeiro tempo, mas maior predomínio da Tunísia, com marcação forte e mais eficiência nos contra-ataques. Chegou a abrir cinco gols de vantagem e foi ao intervalo ganhando por 20 a 16.

Para o segundo tempo, o Brasil voltou com Maik no gol, na vaga de Rangel. Mais sólido, chegou a empatar o placar e até a virá-lo, ainda que com as equipes se revezando na liderança. No fim, o Brasil conseguiu o empate em 32 a 32 e viu a última ação ofensiva da Tunísia parar no travessão, definindo a igualdade.

Os tunisianos Mohamed Amine Darmoul, com 9, e Issam Rzig, com 7 gols, foram os artilheiros da partida. Haniel Lângaro e Rudolph Hackbarth fizeram seis gols cada para a seleção brasileira. Guilherme Torriani, convocado para o lugar de Felipe Borges, e Henrique Teixeira fizeram cinco gols cada.

Publicidade