13 de abril de 2021 Atualizado 16:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Com suspeita de Covid-19, Renato Gaúcho ‘desfalca’ Grêmio na Libertadores

Por Agência Estado

05 abr 2021 às 10:46 • Última atualização 05 abr 2021 às 11:19

O Grêmio embarcou para o Equador na manhã desta segunda-feira sem Renato Gaúcho. O treinador foi vetado da viagem de última hora por apresentar suspeita de covid-19. O time brasileiro vai enfrentar o Independiente del Vale nesta quarta-feira, em Quito, pela terceira fase preliminar da Copa Libertadores.

De acordo com o médico do Grêmio, Márcio Dornelles, Renato Gaúcho apresentou dores musculares e garganta inflamada nos últimos dias. Mesmo com exame negativo para o novo coronavírus, ele foi cortado da viagem por causa dos protocolos do clube, que pregam o afastamento do grupo de qualquer integrante do departamento de futebol que apresentar sintomas que podem ser de covid-19.

“Apesar do último RT-PCR, realizado no sábado, ter sido negativo, coletamos um novo teste na manhã desta segunda-feira e aguardamos o resultado. Renato teve pico febril durante a noite e segue indisposto. Com isso, o treinador está fora da delegação que irá para Quito”, explicou o médico.

O clube não informou se o técnico poderá se juntar à delegação, em outro voo, caso apresenta novo resultado negativo para o teste de covid-19. Se não puder acompanhar o time na capital equatoriana, Renato Gaúcho será substituído pelo auxiliar Alexandre Mendes. Ele havia comandado a equipe enquanto os titulares e o próprio Renato estavam de recesso nos primeiros jogos do Estadual.

Publicidade