17 de junho de 2024 Atualizado 16:22

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Com predomínio de azul e amarelo, COB lança uniforme do Brasil para Jogos de Paris-2024

Por Agência Estado

07 de junho de 2024, às 17h05

Com predomínio do azul e do amarelo, o uniforme do Time Brasil para a Olimpíada de Paris-2024 foi apresentado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) a 50 dias do início do grande evento esportivo, na França. As peças contam com design único desenvolvendo com a Peak, fornecedora oficial do comitê.

Foram confeccionadas mais de 50 mil peças, segundo o COB. E elas já desembarcaram na capital francesa em dois contêineres. As malas com os uniformes serão entregues aos atletas brasileiros diretamente em Paris pouco antes do início da Olimpíada. Cada brasileiro vai receber um enxoval completo, que vai além das roupas. A lista inclui malas, mochila, calçados, peças de roupas e acessórios.

“Acredito que colocar o uniforme, um uniforme que seja elegante, confortável e que o atleta se sinta valorizado, começa a elevar a autoestima. E, com isso, você traz um clima vencedor para dentro da missão. E isso é bem favorável com essa energia dos atletas”, afirmou Ney Wilson, diretor de Alto Rendimento do COB.

Os uniformes começaram a ser desenvolvidos em 2020, antes mesmo da última Olimpíada, disputada em Tóquio, em 2021 – aquela edição dos Jogos foi adiada em razão da pandemia de covid-19. As roupas usadas pelos atletas no Japão tinham o predomínio do verde e amarelo. Desta vez, a fornecedora optou por destacar o azul escuro, em contraste com o amarelo.

“A ideia era mudar o padrão dos últimos ciclos e apostar principalmente nas cores azul e amarelo. E, assim, ressaltar a elegância de Paris, uma das capitais da moda, mas sem perder a identidade brasileira”, destacou Joyce Ardies, gerente de Jogos e Operações Internacionais do COB.

A boxeadora e medalhista olímpica Beatriz Ferreira foi uma das primeiras a vestir o uniforme. “Adorei os uniformes. São roupas leves, confortáveis. Estava bem ansiosa para experimentar o uniforme de pódio. Dá uma ansiedade. É um momento importante, que a gente quer estar bonito, elegante. Achei muito legal, muito diferente. Estou ansiosa para vestir, para estar no pódio bem bonita, comemorando uma medalha, claro”, disse a atleta da categoria até 60kg.

O desenvolvimento do uniforme levou em conta também a previsão de temperaturas elevadas em Paris durante a Olimpíada. Henrique Marques, do taekwondo, também aprovou as peças. “Com certeza a peça que eu mais gostei foi o uniforme de treino. O short é bem leve. Eu, que sou do taekwondo, é muito importante ter um uniforme solto, leve. Está excelente. E o uniforme de pódio também está muito bonito”, afirmou.

Publicidade