15 de junho de 2024 Atualizado 17:54

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Campeões com o Real Madrid chegam e seleção brasileira fica completa para amistosos

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 17h06

Com seis dias de atraso, o técnico Dorival Júnior poderá trabalhar com os 26 convocados para os amistosos contra México e Estados Unidos que antecedem a disputa da Copa América. Nesta quinta-feira, Éder Militão, Rodrygo e Vinicius Junior se apresentaram em Orlando após defenderem o Real Madrid na conquista da Liga dos Campeões da Europa, sábado, diante do Borussia Dortmund.

Os jogadores se apresentaram aos demais companheiros no Four Seasons Resort sob intensos cumprimentos após o Real Madrid ganhar a Europa pela 15ª vez. Foram muitos apertos de mão, abraços, longas conversas e a tradicional resenha.

Chegaram a tempo de participar da última atividade no ESPN Wide World of Sport Complex, onde a seleção trabalha desde o dia 30. Nesta quinta-feira, o grupo embarca para o Texas, onde encara o México, no sábado. O trio do Real Madrid fica à disposição de Dorival, mas não é certeza que inicie jogando.

O Brasil iniciou os trabalhos em Orlando no dia 30, com 18 jogadores que atuam na Europa. Além de Éder Militão, Rodrygo e Vinicius Junior, o volante Éderson ainda não estava por causa de compromisso adiado da Atalanta pelo Campeonato Italiano.

Também era certo que os convocados que atual em clubes brasileiros ainda disputariam a rodada do fim de semana do retorno do Brasileirão. Desta forma, os goleiros Rafael (São Paulo), Bento (Athletico-PR), o lateral-esquerdo Guilherme Arana (Atlético-MG) e o atacante Endrick (Palmeiras) chegaram apenas no início da semana.

Dorival Júnior vinha treinando com Alisson; Danilo, Marquinhos, Beraldo e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Raphinha, Evanilson e Gabriel Martinelli na equipe titular. Ele pode modificar o ataque, com as entradas de Rodrygo e Vini Junior ao lado de Raphinha ou manter os escolhidos e usar os jogadores do Real no decorrer do amistoso e contra os Estados Unidos, dia 12.

Publicidade