13 de junho de 2021 Atualizado 20:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Brasileira do levantamento de peso é suspensa por doping

Por Agência Estado

10 Maio 2021 às 13:31 • Última atualização 10 Maio 2021 às 13:45

A Confederação Brasileira de Levantamento de Peso confirmou nesta segunda-feira que a atleta Nathasha Rosa Figueiredo apresentou resultado positivo em teste antidoping e foi suspensa preventivamente pela Federação Internacional de Levantamento de Pesos (IWF, na sigla em inglês). Agora a brasileira corre risco de ficar fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que terá início no fim de julho.

Natasha apresentou resultado adverso no dia 31 de março, em teste realizado fora de competição. Seu exame apresentou as substâncias hidroclorotiazida e cloraminofenamida, enquadradas no grupo S5, de diuréticos e agentes considerados mascarantes da lista de substancias proibidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).

Suspensa, a atleta poderá solicitar a análise da amostra B, que poderia confirmar ou contrariar o resultado da amostra A. Na sequência, o caso seria avaliado e julgado pela Agência Internacional de Testagem (ITA), que atua em parceria com a Wada.

“A Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP) já enviou comunicação sobre o resultado para o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD)”, informou a entidade, em comunicado.

Antes do resultado adverso, Natasha era a brasileira do levantamento de peso mais perto de obter a classificação olímpica. No momento, ela divide a 18ª colocação do ranking mundial com a francesa Anais Michel na categoria até 49kg. Se Natasha não conseguir conquistar a vaga olímpica, a esperança vai recair sobre Luana, 20ª colocada no mesmo ranking.

Natasha vinha em grande momento nas competições. No mês passado, ela obteve a medalha de prata no arranco da sua categoria no Campeonato Pan-Americano de Levantamento de Pesos. No geral, ficou em quinto lugar, somando pontos importantes no ranking olímpico.

Publicidade