09 de julho de 2020 Atualizado 22:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

+ Esportes

Bottas lidera e põe Mercedes na frente no último dia de testes da pré-temporada

Por Agência Estado

28 fev 2020 às 15:05 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:35

Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 chegaram ao fim nesta sexta-feira no Circuito da Catalunha, nos arredores de Barcelona, com a favorita Mercedes confirmando o seu favoritismo. Afinal, o finlandês Valtteri Bottas registrou o melhor tempo do sexto dia de atividades no circuito espanhol.

Bottas ficou na pista por 89 voltas, fazendo a marca de 1min16s196 na mais rápida delas. Na semana passada, o finlandês já havia feito o melhor tempo de todo o período de testes, com 1min15s732, marca que não foi superada por qualquer outro piloto desde então.

Mas, ao menos nesta sexta, a disputa foi bastante equilibrada, com vantagem de menos de 0s1 para os principais concorrentes, Max Verstappen e Daniel Ricciardo. O holandês da Red Bull foi quem mais se aproximou do finlandês, sendo apenas 0s073 mais lento, mesmo usando um composto menos macio do que o do piloto da Mercedes. Já o australiano da Renault ficou a 0s007 de Verstappen.

O monegasco Charles Leclerc foi quem ficou por mais tempo na pista nesta sexta-feira no Circuito da Catalunha. O piloto da Ferrari deu 181 voltas e ficou a 0s164 de Bottas na melhor delas, na quarta colocação. Ficou, assim, à frente do atual campeão Lewis Hamilton, que treinou no período da manhã, depois cedendo o carro a Bottas. O britânico teve desvantagem de 0s214 para o seu companheiro na Mercedes, sendo o quinto mais rápido.

O francês Esteban Ocon, da Renault, veio na sexta posição, com 1min16s433, seguido do mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, do espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, do britânico George Russell, da Williams, e do russo Daniil Kvyat, da Aplha Tauri, que fechou a lista dos dez primeiros colocados dos testes desta sexta-feira.

Na sequência, apareceram o francês Romain Grosjean, da Haas, o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, e do tailandês Alexander Albon, da Red Bull, o mais lento do dia no Circuito da Catalunha.

O campeonato de 2020 da Fórmula 1 será aberto com a realização do GP da Austrália, em Melbourne, no dia 15 de março.