19 de abril de 2024 Atualizado 18:34

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Borré perde gols e Internacional empata na Sul-Americana; Athletico-PR mantém 100% com Cuca

Por Agência Estado

03 de abril de 2024, às 09h37

Dois brasileiros entraram em campo como visitantes nesta terça-feira de estreias da Copa Sul-Americana. Em Córdoba, na Argentina, o colombiano Borré perdeu dois gols feitos e o Internacional não saiu do zero contra o Belgrano-ARG, pelo Grupo C. Já o Athletico-PR segue com 100% sob o comando do técnico Cuca e goleou o Sportivo Ameliano-PAR, em Assunção, no Paraguai, por 4 a 1, no Grupo E.

Lembrando que na nova fórmula da Copa Sul-Americana, apenas os líderes de cada chave avançam direto para as oitavas. Os segundos colocados participarão de um playoffs contra os times que terminaram em terceiro na Libertadores.

Mesmo fora de casa, o Athletico abriu o placar cedo, aos cinco minutos. Zapelli pegou o rebote em chute de Canobbio e serviu Mastriani, que empurrou para as redes. A alegria brasileira durou menos de dez minutos. A defesa vacilou e Vera bateu na saída de Bento, aos 14. Sem desanimar, o time paranaense terminou a primeira etapa em vantagem. Léo Godoy cruzou e Zapelli emendou de primeira para marcar, aos 31. Ainda deu tempo de Fernandinho arriscar de fora da área e marcar o terceiro, aos 46.

Na segunda etapa, o Athletico manteve o freio de mão puxado. Com boa vantagem, o time se portou bem defensivamente e quando subiu ao ataque, Mastriani decretou a vitória, aos 27. Após cruzamento de Esquível, o atacante cabeceou para as redes. O atacante foi o artilheiro da edição passada, com nove gols. Com a vitória mais que encaminhada, o time brasileiro seguiu com o domínio da partida, porém satisfeito com o resultado.

Em Córdoba, o Internacional teve amplo domínio sobre o Belgrano. Logo de cara, Borré ficou com a sobra em erro da defesa adversário, mas não conseguiu o domínio e desperdiçou uma grande chance, sem goleiro. O time argentino era tímido e pouco incomodou o goleiro Rochet, mesmo assim, o Internacional pouco fez para merecer a vantagem no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o panorama se manteve. Com mais posse de bola, o time gaúcho tinha o controle da partida, porém seguiu pecando nas conclusões. Novamente com Borré, o colombiano recebeu em velocidade, perdeu a passada e chutou fraco, já com a defesa argentina atrapalhando. Depois, o que se viu foi um Belgrano firme na marcação, contra um Internacional pouco inspirado e o placar não saiu do zero.

Na próxima quarta-feira (10), às 21 horas, o Internacional fará sua estreia no Beira Rio, diante do Real Tomayapo, da Bolívia. Enquanto o Athletico-PR encara o Rayo Zuliano-VEN, na terça-feira (09), às 21h30, na Ligga Arena.

Publicidade