19 de outubro de 2020 Atualizado 11:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Apendicite: sinais que podem indicar o problema

Essa doença é grave e exige tratamento rápido para evitar graves consequências

Por Agência Estado

24 set 2020 às 08:44 • Última atualização 24 set 2020 às 10:58

Problema atinge principalmente os adolescentes e jovens entre 12 e 22 anos - Foto: People photo created by freepik - www.freepik.com

Falta de apetite, febre, náuseas, vômitos e dor abdominal intensa por mais de 4 horas são sintomas que podem indicar a apendicite aguda. Essa doença é grave e exige tratamento rápido para evitar graves consequências.

O problema atinge principalmente os adolescentes e jovens entre 12 e 22 anos. Não há prevenção. O apêndice é um como um pequeno tubo localizado no final do intestino fino e início do intestino grosso. Sem função definida, ele recebe as fezes de um intestino e devolve para o outro sem qualquer alteração.

Atenção

A inflamação é normalmente causada pela obstrução do canal de entrada. Ao romper as barreiras de proteção do organismo, podendo resultar em um derramamento de fezes dentro do corpo.

O quadro evolui rapidamente, em questão de horas. A dor tem início no umbigo, desloca-se para a parte inferior direita do abdômen, piorando com movimentos bruscos.

Apesar dos sintomas característicos, o diagnóstico nem sempre é rápido ou fácil. Isso porque dor abdominal intensa e febre são comuns a diversos problemas de saúde. Por isso, é muito importante contar com a ajuda de um médico especializado.

Entre os testes necessários estão: apalpação da barriga e medição da temperatura corporal, além de exame de sangue e ultrassonografia.

Sempre que houver suspeita de apendicite, é aconselhável não medicar o paciente para evitar mascarar os sintomas. A ingestão de alimentos também pode impedir o tratamento. O tratamento exige procedimento cirúrgico.

Publicidade